Zé Eliton outorga licença ambiental para geração de emprego e renda em Aparecida

Regularização fundiária era uma demanda das 86 empresas instaladas no Parque Industrial Vice Presidente José de Alencar há 14 anos

Divulgação

Com foco na geração e emprego e fortalecimento da economia de Aparecida de Goiânia, o governador Zé Eliton (PSDB) assinou nesta manhã, em solenidade no 10º andar do Palácio Pedro Ludovico Teixeira, a outorga de licença ambiental do Parque Industrial Vice Presidente José de Alencar.

A regularização fundiária era uma demanda das 86 empresas instaladas no parque há 14 anos. Com o licenciamento ambiental, a Prefeitura de Aparecida de Goiânia poderá registrar o loteamento em cartório e os investidores terão condições de, com os imóveis escriturados, expandirem seus negócios, tendo acesso a financiamentos.

“Fico feliz de ver Aparecida dando um passo adiante no seu processo de desenvolvimento”, disse o governador Zé Eliton aos investidores presentes à solenidade. Destacou que a entrega das licenças garante aos empresários acesso a créditos, além de fazer a escrituração definitiva dos imóveis, o que significa “um ganho qualitativo extraordinário”.

Zé Eliton ressaltou que Goiás é um estado líder na geração de empregos e Aparecida de Goiânia se destaca nacionalmente porque o governo do Estado garantiu o processo de desenvolvimento do município. “Nós teríamos dificuldades de ver a Aparecida de Goiânia que vemos, se não fossem os incentivos fiscais”, afirmou.

Ele enfatizou ainda que, em 1999, Goiás era um estado com uma economia baseada apenas no agronegócio. Hoje, destacou, a economia goiana é “diversificada, com cadeias produtivas relevantes”. Citou que Goiás tem o 4º polo metal-mecânico mais importante do País, o 2º mais importante em química fina, em farmoquímica, o 4º polo de mineração, o 6º de confecção e 2º polo de comercialização roupas, que só perde para o a Rua 25 de Março, no Brás, em São Paulo. “Governar é saber que é preciso ter coragem”, sublinhou Zé Eliton.

Os investidores elogiaram a iniciativa do governador, no sentido de fortalecer a economia de Aparecida de Goiânia com geração de emprego e renda. “Com essa licença, inicia-se uma nova fase para as empresas instaladas no parque”, comemorou o presidente da Associação Comercial e Industrial de Aparecida de Goiânia (Aciag), José Luis Celestino.

O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Rodrigo Caldas, que representou o prefeito Gustavo Mendanha (PMDB) na solenidade, afirmou que a outorga das licenças ambientais é “mais uma etapa cumprida”, uma vez que as empresas instaladas no parque industrial anseiam há anos pela regularização.

O presidente da Associação das Empresas do Parque Industrial de Aparecida de Goiânia (AEPIA), Mário César de Paula, considerou hoje um “importante dia” para o desenvolvimento de Aparecida, porque trata-se de um sonho alimentado pelos empresários há 14 anos.  Atualmente, as empresas instadas no Parque Industrial possuem apenas o termo de cessão de uso dos lotes. Com a regularização, enfatizou Mário César, poderão ter acesso a financiamentos e fazerem novos investimentos no município.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.