Wilder coloca prazo de 15 dias para divulgar dados sobre situação econômica do Estado

Segundo coordenador de transição, atualmente não é possível dar um parecer sobre real situação das contas de Goiás

Segundo Wilder, o trabalho tem sido feito de forma respeitosa (Wilder Morais | Foto: Jefferson Rudy/ Agência Senado)

Os primeiros relatórios com informações solicitadas pela equipe de transição do governador eleito de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), foram entregues pela equipe de transição do atual governo nesta semana. Os questionários objetivavam ter informações sobre o funcionamento dos órgãos e das entidades da administração direta e indireta do Estado, das contas públicas, dos programas e projetos do governo de Goiás. Coordenada pelo senador Wilder Morais (DEM), a equipe de transição do governador eleito também solicitou informações relativas ao orçamento e finanças estaduais.

Segundo Wilder, o trabalho tem sido feito de forma respeitosa. “Estamos tendo uma transição muito amistosa e estamos avançando em todas áreas”, afirmou ao Jornal Opção. Porém, o senador ressaltou que ainda não é possível dar um parecer sobre a real situação econômica do Estado. “Não temos nada que possa fazer o cruzamento de todas as informações. Essa semana foi uma semana de formação de equipe. Na semana que vem será feito o levantamento de cada pasta. Por enquanto os dados não são precisos”, explicou.

A previsão do coordenador da equipe de transição de Ronaldo Caiado é de nos próximos 15 dias já seja possível fazer uma junção de todas as informações. “Temos que fazer uma junção de tudo. A previsão é que em cerca de 10 a 15 dias tenhamos dados das pastas e poderemos fechar toda a parte fiscal”, disse o senador Wilder.

Entre as solicitações, Wilder de Morais encaminhou um pedido de disposição de seis técnicos da atual gestão para assessorarem a equipe de transição do governo eleito e um espaço físico com capacidade para aproximadamente 30 pessoas, com mesas, cadeiras, computadores e acesso à internet.

Até o momento, os servidores estaduais Adonídio Neto Vieira Júnior, Eudenízio Batista da Silva, Rivael Aguiar Pereira e Wellington Matos de Lima foram colocados à disposição da equipe de transição. Já o espaço físico foi disponibilizado no 3º andar do Palácio Pedro Ludovico Teixeira, nas dependências da Controladoria Geral do Estado. O local já serviu para pelo menos duas reuniões entre as equipes de transição.

Segundo o senador Wilder de Morais, os técnicos da Comunitas estão integrando a equipe conforme as demandas vão sendo observadas e que nas próximas semanas todas as áreas do governo estarão sendo estudadas por um especialista. “A cada semana o número de técnicos da Comunitas vai aumentando até ter técnicos para trabalhar em todas as áreas do governo”, disse.

Entre as solicitações, a coordenação do governo eleito pediu que a atual gestão identificasse ações ou decisões a serem tomadas em relação aos atuais programas e projetos.  Porém, para a equipe de transição indicada pelo governador José Eliton argumentou que “não compete ao Governo atual detalhar ações ou decisões que devem ser adotadas pelo Governador eleito no início de seu mandato”.

Mesmo sem ter solicitado, a equipe da atual gestão também encaminhou demonstrativos da dívida fundada do Estado e Goiás. Segundo Wilder, outros questionários serão encaminhados conforme a necessidade da equipe de transição. “Esse foi um questionário para ter uma noção da situação do Estado”, ressaltou.

Fazem parte da equipe de transição do atual governo: Fernando Tibúrcio Peña, Secretário da Casa Civil; Joaquim Cláudio Figueiredo Mesquita, Secretário de Gestão e Planejamento; Tito Souza do Amaral, Secretário-Chefe da Controladoria-Geral do Estado; José Carlos Siqueira, Presidente do IPASGO; Afrânio Cotrim Júnior, Superintendente Executivo da Secretaria da Fazenda.

A expectativa é que até 30 de novembro a equipe governo eleito tenha todas as informações para que possa montar seu quadro de secretários

 

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sergio

Que lamentável transição com os amigos do Marconi?
Caiado disse que não era balcão de negócio. Mas são os mesmos