O violinista goiano Alessandro Borgomanero, conhecido por sua apresentação improvisada em Israel, foi resgatado pela Força Aérea Brasileira (FAB) e retornou a Goiânia nesta sexta-feira,13. Borgomanero estava em Israel com sua família desde o dia 5 de outubro, apenas dois dias antes do início do conflito armado envolvendo o grupo extremista Hamas.

O músico, que estava no país para uma viagem religiosa a Jerusalém, expressou sua gratidão à FAB e ao Itamaraty por garantirem seu retorno seguro ao Brasil. Ele demonstrou o desejo de retornar a Israel em breve.

“Organização impecável. A sensação é de gratidão a tantas pessoas maravilhosas que nos ajudaram nesse trajeto de 44h de Jerusalém até a nossa casa em Goiânia. Fomos muito bem acolhidos aqui e deixo uma parte do meu coração com a promessa de voltar logo para conhecer bem esse lindo e histórico lugar”, afirmou Borgomanero em suas redes sociais.

O violinista, que é professor de violino na Escola de Músicas e Artes Cênicas (Emac) e teve passagens como regente titular da Orquestra de Câmara Goyazes e da Orquestra Filarmônica de Goiás, destacou que sua apresentação improvisada em Israel foi uma experiência informal que acabou trazendo alento aos presentes.

Nascido em Roma, Borgomanero reside em Goiânia desde 1997. A viagem à Jerusalém fazia parte de uma excursão organizada pela igreja que frequenta, e sua apresentação inesperada durante a estadia em Israel ganhou destaque.

O retorno do violinista ocorre em meio ao contexto do recente conflito em Israel, no qual o país foi alvo de mais de 5 mil foguetes em um ataque coordenado pelo grupo Hamas. O ataque surpreendeu Israel, resultando em infiltrações armadas em cidades por terra, mar e ar. Três brasileiros que participavam de um festival na Faixa da Gaza foram encontrados mortos, enquanto as autoridades continuam a busca pelos desaparecidos.

Leia também:

Tropas de Israel se deslocam próximo à fronteira com Gaza: prazo para evacuação de civis terminou

Israel bombardeia Líbano e mata jornalista-cinegrafista da Reuters