Videomonitoramento no Aeroporto de Goiânia obriga usuário a pagar estacionamento privado de R$ 20 por hora

Vereador entende que Prefeitura de Goiânia quer industrializar sistema de multas ao impor aos cidadãos apenas opção de ato infracional

Vereador Felisberto Tavares | Foto: Alberto Maia/Câmara de Goiânia

Segundo o vereador Felisberto Tavares (PR), o usuário do Aeroporto Santa Genoveva tende a ser penalizado com a instalação de câmeras de monitoramento, por parte da Prefeitura de Goiânia, nos estacionamentos de embarque e desembarque.

“As vias locais estão com sinalização de proibido estacionar. Se tirar as vagas do embarque e desembarque, fica impraticável buscar alguém no Aeroporto de Goiânia”, diz Felisberto Tavares.

O vereador interpreta o recado do Paço goianiense como tentativa de industrializar o sistema de multas nos arredores do local. “Obriga as pessoas a estacionarem no local pago, cujo preço é R$ 20 por hora. É desproporcional. Tem vaga para taxista, mas não para motorista de aplicativo, por exemplo. Como ele vai fazer para buscar passageiro?”, questiona Tavares.

O local onde funciona um estacionamento privado, cedido pela administração municipal a um permissionário, pode ser obrigado a cobrar preços razoáveis pelo uso rotativo das vagas, caso uma discussão sobre o preço avance na Comissão de Direitos do Consumidor da Câmara Municipal de Goiânia. Tavares conseguiu um companheiro para levar o debate a Assembleia Legislativa de Goiás: deputado Amilton Filho (SD).

“O permissionário pode explorar o estacionamento, mas a um preço razoável. A prefeitura quer implantar a indústria da multa ao não dar outra alternativa ao cidadão. Querem dar uma opção ao cidadão: a infracional”, lamenta Tavares.

4 respostas para “Videomonitoramento no Aeroporto de Goiânia obriga usuário a pagar estacionamento privado de R$ 20 por hora”

  1. Deep blue 69 disse:

    É lamentável mas é fato!!! Por quê o cidadão comum deve ser explorado dessa forma? Isso é a legalização do flanelinha??

  2. Bicao Pereira disse:

    É um absurdo o preço do estacionamento no aeroporto…na verdade, nem é absurdo… é roubo mesmo!!

  3. Eduardo disse:

    a Prefeitura de Goiânia quer fazer das multas a maior fonte de arrecadação da Prefeitura isso e Ires Rezende no ano que vem tem eleição

  4. David Caetano disse:

    Enquanto o Povo agir como burro no cabresto teremos decisões maléficas que somente oneram o consumidor.
    Um velho como esse íris íris rezende que nunca pensou no interesse do POVO de Goiás somente colocaria os ratos pra estar em sua administração.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.