Vice-presidente do TSE, Edson Fachin, garante segurança do sistema eleitoral brasileiro

Ministro afirmou que apuração rápida e segura é garantida pela verificação do sistema de totalização, conferido e atestado pela equipe de tecnologia do TSE

O vice-presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Edson Fachin, garantiu a segurança das urnas e reiterou a importância de seguir os protocolos de segurança sanitária e de o eleitor comparecer às urnas neste domingo, 15, quando do 5.567 municípios brasileiros vão eleger prefeitos e vereadores.

O ministro ainda afirmou que a apuração rápida e segura é garantida pela verificação do sistema de totalização, conferido e atestado pela equipe de tecnologia do TSE.

“O sistema foi checado e dado como íntegro e apto para apresentar os resultados, como tem sido feito desde 2002, produzindo confiança. Ele é totalmente sólido. Não há demonstração até o momento que tenha havido qualquer desvio na aplicação concreta desse sistema”, afirmou.

Fachin também disse que as indagações e suposições de fraudes durante eleições são propagações infundadas e irresponsáveis, que não contribuem para o fortalecimento das instituições democráticas.

“Nenhum país se mantém como estado democrático se diluir suas instituições. E o Poder Judiciário, ao lado do Legislativo e do Executivo, da imprensa e de outros representantes da sociedade, é muito importante. Desde as Eleições de 2018, o TSE desenvolve ações de combate a notícias falsas. A notícia que se reputa falsa deve ser sempre checada, até porque há liberdade para veicular fatos e narrativas, mas ninguém tem o direito de destruir essa liberdade propagando notícias que não são verdadeiras”, reforçou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.