Vice-governador do Mato Grosso agride esposa durante as férias, diz blog

De acordo com o Blog de Ricardo Noblat, o político foi denunciado pela mulher a advogada Viviane Cristina Kawamoto, com quem é casado desde 2019

Vice-governador do Mato Grosso e a esposa | Foto: reprodução

O vice-governador do Mato Grosso, sem partido, Otaviano Pivetta, 62 anos, pai de seis filhos e avô de quatro netos, foi denunciado no último dia 7 de julho, pela mulher, a advogada Viviane Cristina Kawamoto, com quem é casado desde 2019. Segundo o Blog de Ricardo Noblat, no Metrópoles, a denúncia é de tê-la espancado na casa que tem em Itapema, litoral de Santa Catarina.  

Ainda de acordo com o blog, um laudo de corpo de delito feito pelo Corpo de Bombeiros de Itapema comprovou a agressão sofrida por Viviane. Pivetta foi indiciado por crime de lesão corporal leve e responderá à ação no Fórum Criminal do município catarinense. A Justiça já abriu prazo para que o Ministério Público se manifeste.

Segundo o documento divulgado nesta segunda-feira, 2, o laudo apontou escoriações e hematomas na testa, nos braços e nas coxas de Viviane, que, depois da surra, acionou a polícia duas vezes. De acordo com o Blog de Ricardo Noblat, Pivetta negou que tivesse batido na mulher e que ela se feriu ao morder uma de suas mãos. Quando detido, pagou uma fiança de R$ 6,6 mil.

De acordo com o Blog do Noblat, o político usou o peso de seu cargo e valeu-se de sua fortuna para impedir que o caso repercutisse no Mato Grosso. Contou para isso com a ajuda do governador Mauro Mendes (DEM), candidato à reeleição no próximo ano, que pretende mantê-lo como vice em sua chapa; e também de outros políticos. Há uma semana, Pivetta soltou uma nota, veja:

“O vice-governador Otaviano Pivetta e sua esposa Viviane Kawamoto Pivetta informam que o desentendimento em Itapema, Santa Catarina, no dia 7 de julho, se tratou de uma discussão de casal e o boletim de ocorrência registrado não condiz com o que realmente ocorreu. Otaviano e Viviane têm o mesmo defensor, que já está atuando para arquivar o caso. Por ser uma questão pessoal, o casal informa que o caso diz respeito apenas ao âmbito familiar”.

Há dois dias, Viviane postou um vídeo nas redes sociais: “Nós tivemos uma discussão de casal. Não foi uma agressão, nunca houve agressão. Meu marido nunca foi um agressor. Nós tivemos essa discussão, e por terceiras pessoas envolvidas no momento tomou essa proporção toda”.

*Com informações do Blog do Noblat no Metrópoles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.