Vereadora denuncia descaso da SMS com insumos hospitalares

Material foi guardado de forma inadequada em sacos de lixo no almoxarifado da Secretaria Municipal de Saúde

Foto: Reprodução

A vereadora Sabrina Garcez (PTB) esteve no almoxarifado da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Goiânia e flagrou materiais retirados do Centro de Referência em Diagnóstico e Terapêutica – fechado pela prefeitura para reforma – guardados de forma inadequada. Ela fez a denúncia e cobrou explicações da pasta e da gestão Iris Rezende.

A vereadora afirmou, ainda, que a prefeitura prometeu reabrir o Centro em 45 dias, e que durante esse período iria distribuir os serviços lá prestados para outras unidades de saúde no município. “Eles alegam que o prédio do Centro está em reforma, mas não sabemos se o prazo informado será cumprido”, afirmou.

“Além de cadeiras e material de escritório encontramos produtos como seringas, luvas, máscaras, fita e o aparelho para medir diabetes jogados em sacos de lixo. Encontramos também cadeiras odontológicas, equipamentos caros, enfim muito material. Enquanto nos Cais faltam tudo, no almoxarifado sobra tudo. Isso em um local com o chão sujo e molhado, totalmente impróprio para guardar qualquer tipo de produto”, relatou a parlamentar.

Para Sabrina, a situação é um caso flagrante de desperdício de dinheiro público. “Acompanhamos todos os dias a precarização da nossa saúde e em nosso município nos deparamos, mais uma vez, com a falta de gestão da Secretaria de Saúde. Basta!”, disse a vereadora que deve protocolar a denúncia nesta quarta-feira, 28, na Câmara Municipal.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.