Vereador muda nome de creche Arco-íris por “promover homossexualismo”

Nas redes sociais, internautas se revoltaram com medida do parlamentar

Foto: Reprodução

O vereador Filipe Martins (PSC), de Palmas, no Tocantins, enviou à prefeitura um projeto de lei que muda o nome do Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Arco-íris para Romilda Budke Guarda. Na justificativa, o parlamentar diz que “o objetivo é homenagear uma das pioneiras de Palmas como reconhecimento pelos relevantes serviços prestados aos palmenses, além de substituir o nome Arco-íris, que apesar de ser um símbolo do cristianismo, também é usado para promoção do homossexualismo”.

O projeto com o novo nome foi publicado no Diário Oficial do Município após ser sancionado. “A Câmara de Vereadores aprovou, por maioria e em dois turnos de votação, a escolha da líder comunitária Romilda Budke Guarda para dar nome ao CMEI localizado na Arse 102”, disse a prefeitura em nota.

Nas redes sociais, vários internautas criticaram a medida. “Vereador, se a sua sexualidade é influenciada por um arco-íris, acho que vc precisa saber de uma coisa”, escreveu um. “A soma da profunda ignorância com uma heterossexualidade de vidro”, apontou outro.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Henrique Ramos

Cristãos e suas hipocrisias…parar de transar antes do casamento, parar de trair o esposo (a) eles não param!