Vereador diz que vai defender exclusão de novas taxas propostas no Código Tributário

Segundo Lucas Kitão, projeto fica para 2019, pois é preciso tempo “para discutir mudanças com a sociedade e com os setores afetados”

Vereador Lucas Kitão | Foto: Fernando Leite

O vereador Lucas Kitão (PSL) disse que o retorno do projeto do novo Código Tributário de Goiânia, enviado pelo paço, ainda esta sendo aguardado na Comissão Mista depois de uma diligência enviada ainda na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) pela prefeitura. Segundo o parlamentar, o prefeito Iris Rezende e sua equipe estão definindo se continuam com o projeto na casa ou se o retiram, mas também revelou que não há pressa sobre a matéria.

“Nós vereadores acreditamos que a melhor opção é deixar o projeto tramitando esse ano e o próximo pra que tenhamos tempo hábil para discutir com a sociedade e com os setores que serão afetados qual o melhor caminho, principalmente no que diz respeito à discussão de alíquotas de IPTU e ITU, tendo previsibilidade de quando alteraram a planta de valores, dando segurança ao cidadão de quanto ficara o preço do seu imposto e se é caso de aumentos”, explicou Kitão.

O vereador afirmou, ainda, que é pessoalmente contra em “ambiente de crise” e “um momento tão delicado do país” o aumento de impostos. “Muito menos a criação de taxas como previa o projeto original do novo Código Tributário”, disse, completando que vai defender a exclusão de tais medidas.

Não sendo mais possível a votação para 2018, Lucas também comentou que não vê, com isso, que o projeto esteja sendo segurado para o próximo ano, em que a oposição ao prefeito estaria supostamente reduzida. Ele acredita o contrário.

“Se o prefeito pensa assim [oposição enfraquecida], está enganado. Ano que vem a oposição estará fortalecida, pois já se passarão três anos de mandatos e, pra mim, pelo menos, não terá diferença. O que precisamos é de tempo pra discutir mudanças” concluiu, alertando que os vereadores não aceitarão é que a matéria seja pressionada para ser votada logo.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.