Vereador defende que prefeitura reassuma administração do Eixo Anhanguera

Andrey Azeredo (MDB) aponta problemas do Eixão e diz que, nas mãos da prefeitura, Câmara poderá fiscalizar “mais de perto” e cobrar melhorias

Vereador Andrey Azeredo (MDB) Foto: Alberto Maia

O vereador Andrey Azeredo (MDB), que integra a base aliada do prefeito Iris Rezende (MDB) na Câmara Municipal de Goiânia, defende que a prefeitura retome a concessão do Eixo Anhanguera — popularmente conhecido pelos goianienses como Eixão.

Em justificativa, o parlamentar enumerou os diversos problemas enfrentados pelos usuários do transporte coletivo durante suas viagens e também destacou as deficiências da “estrutura precária” das plataformas de embarque.

“São inúmeros os problemas como alta lotação, horários indefinidos, ônibus precários. (…) O asfalto irregular e esburacado, a falta de segurança nas estações, o chão escorregadio e a péssima acessibilidade às rampas das estações. Ou seja, o serviço foi abandonado por quem o gerencia”, disse.

Posteriormente, Andrey Azeredo defendeu que, sendo de responsabilidade da prefeitura a prestação deste serviço, “a Câmara de Goiânia poderá fazer uma fiscalização mais de perto e cobrar melhorias frequentes para a linha que está completamente abandonada pelo Estado”.

Por fim, o parlamentar questionou a falta de segurança e relembrou a morte de um idoso que escorregou na plataforma de embarque. “Tudo por uma questão de minutos e por falta de uma barreira entre a estação e o vão de asfalto onde o ônibus trafega, além de um piso antiderrapante, que evitasse escorregamentos”, finalizou.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.