Com o registro de chuva e ventania em Goiânia no início da tarde desta segunda-feira, 6, a Companhia de Urbanização de Goiânia (Comurg) contabilizou, até às 15 horas, oito árvores caídas só na capital. De acordo com o Centro de Informações Meteorológicas e Hidrológicas do Estado de Goiás (Cimehgo), os ventos chegaram a 53km/h na Região Noroeste da Capital.

O Setor Universitário foi o bairro que mais registrou ocorrência, com duas quedas, uma na rua 240 e outra na rua 239. Outros seis bairros também tiveram árvores derrubadas com os fortes ventos: Setor Bueno (rua S-1), Setor Centro Oeste (rua 504), Setor Coimbra (rua Senador Jaime), Vila Rosa (avenida Marialva), Jardim Novo Mundo (rua da Prata) e Recanto das Minas Gerais.

O temporal começou pouco antes do meio dia e durou quase uma hora. Mas não caiu em toda a cidade. Na Região Noroeste, não houve registro de chuva, apenas de ventania – a mais forte de toda a cidade. De acordo com o gerente do Cimehgo, André Amorim, em meioa hora, choveu 15 mm na região do Setor Bueno, com rajadas de vento estimadas na casa dos 50 km/h.

Em todo o Estado, tarde desta segunda, foram registrados ventos fortes também em Itumbiara com rajadas de 70 km/h. Já na Cidade de Goiás, caiu 54 mm de chuva. “E a previsão é de mais chuvas em formato de tempestade para o resto da semana. São irregulares, mas localmente fortes”, afirmou o gerente do Cimehgo.