Vecci diz que PSDB deve apoiar governo Temer “a não ser que apareça algo novo”

Segundo o presidente do partido em Goiás, uma saída do governo de forma abrupta seria prejudicial para o país

Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

O presidente do PSDB em Goiás, o deputado federal Giuseppe Vecci, afirmou nesta quarta-feira (7/6) que o partido precisa continuar no governo Temer. “O PSDB deve dar um apoio momentâneo, a não ser que apareça algo novo”, explicou em entrevista ao Jornal Opção.

De acordo com o deputado, “o momento é de instabilidade, o que pede um posicionamento maduro e equilibrado”. “Nós sabemos da crise do país, então o PSDB deve mostrar uma agenda reformista que acompanhe o governo”, confirmou, ressaltando que “uma saída abrupta do PSDB é prejudicial ao governo”.

Vecci acrescentou, porém, que o “o apoio não pode fazer o partido perder sua identidade”.

Nesta quinta-feira (8), o Diretório Dstadual deve se encontrar com a Executiva Nacional do partido para decidir sobre a permanência do PSDB no governo. “Vamos sugerir uma agenda de propostas para debatermos internamente para estarmos preparados para os desafios do Brasil”, afirmou.

Para Vecci, é essencial que agenda resgate a credibilidade politica, traga mudanças, profissionalização da gestão pública, compromisso com finanças públicas e com agenda social.

Questionando sobre a reunião que irá decidir o posicionamento do partido, o deputado acredita que a maioria segue o mesmo posicionamento dele. “Quem quer desembarcar a gente respeita, mas não é o melhor”, finalizou.

Deixe um comentário