Vanderlan tem 3 pontos à frente de Maguito, aponta nova pesquisa Serpes

Candidato do PSD diz o que a pontuação na pesquisa é resultado da campanha propositiva que vem fazendo

Vanderlan Cardoso (PSD), Adriana Accorsi (PT) e Maguito Vilela (MDB) | Fotos: Fernando Leite/Jornal Opção e Divulgação/Assessoria Adriana Accorsi

O candidato à Prefeitura de Goiânia, Vanderlan Cardoso, do PSD, tem 26,3% das intenções de voto na Capital, 3 pontos percentuais à frente do segundo colocado, Maguito Vilela, do MDB, que aparece com 23%. É o que mostra a quarta rodada da pesquisa estimulada Serpes/O Popular, realizada entre os dias 3 e 5 de novembro. Já a Delegada Adriana Accorsi, do PT, continua no 3º lugar, tendo oscilado para baixo: a candidata tem 9%.

Já na pesquisa espontânea, Vanderlan também aparece com uma vantagem à frente de Maguito, com 24% contra 20,6% das intenções de voto: 4 pontos de diferença.

“A consolidação do nosso nome, depois de apresentarmos nossas propostas no programa eleitoral e de percorrer todas as regiões da cidade, mostra que o trabalho limpo, sem ataques, e propositivo, tem dado resultado. O goianiense entendeu que queremos cuidar das pessoas, levando desenvolvimento com geração de emprego e renda”, destacou Vanderlan Cardoso.

O candidato Major Araújo, do PSL, aparece na estimulada com 3,3%, seguido do deputado federal Elias Vaz, do PSB, que tem 2,3%.

Os candidatos Dra. Cristina (PL), Gustavo Gayer (DC) aparecem com 2% e Virmondes Cruvinel (CD) com 1,8%. Já Alysson Lima (SD), que tinha 4,2% das intenções de voto, agora tem tímidos 1,8%. Talles Barreto (PSDB), Professor Antônio (PCB) e Samuel Almeida (Pros) aparecem com 1,2%, 0,3% e 0,2%, respectivamente.

Metodologia

A quarta rodada da pesquisa Serpes/O Popular ouviu 601 eleitores de Goiânia entre os dias 3 e 5 de novembro de 2020. A margem de erro é de 4 pontos percentuais para mais ou para menos, e o intervalo de confiança é de 95%. A pesquisa foi registrada junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número GO-08106/2020.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.