Vanderlan quer errar menos para ser eleito em 2016

Empresário que esteve à frente de Senador Canedo diz que busca projeto político “mais profissional”. Lúcia Vânia filiou-se ao partido com essa missão, segundo relatou

Varnderlan Cardoso é presidente estadual do PSB | Foto: Marcello Dantas

Varnderlan Cardoso é presidente estadual do PSB | Foto: Marcello Dantas

O PSB procura errar menos nas eleições do ano que vem, pelo menos em Goiânia. Por isso, se estrutura para fazer projeto político mais profissional. A filiação da senadora Lúcia Vânia é prova disso. A promessa é a de que se inicie no próximo mês caminhada por Goiânia para ouvir a comunidade.

A análise é do empresário e ex-prefeito de Senador Canedo, Vanderlan Cardoso. Ele é pré-candidato à prefeitura da capital e esteve na abertura da Câmara Itinerante na Região Noroeste, reduto eleitoral do ex-governador Iris Rezende, forte nome do PMDB para o Paço Municipal.

“É o que estamos procurando fazer. Será no mesmo molde que fizemos quando disputamos o governo estadual em 2014 [quando ficou em terceiro lugar] com o plano de metas. Temos algumas experiências na área da saúde, infraestrutura e geração de emprego e renda. Queremos ouvir para errar menos”, informou o presidente estadual do PSB.

Vanderlan ainda relembra que teve sucesso quando diminuiu a distância eleitor-prefeitura em Senador Canedo, na Região Metropolitana. Os levantamento de informações será feito pela Fundação João Mangabeira.

Para fortalecer a candidatura ao Paço Municipal, ele acredita que novos partidos devem ser procurados para aliança — atualmente PSC e PPS fazem parte do grupo político. “Até as convenções muito pode acontecer, até nada”, disse ao Jornal Opção Online.

“A eleição é bem diferente da estadual, tanto é que estamos dialogando com todos. Estou tendo essa oportunidade, mas as decisões virão no próximo ano”, relata ainda. A meta é que pelo menos seis legendas integrem a coligação. O objetivo é ter maior tempo de televisão do que na disputa do ano passado.

Leia mais:
Delegado Waldir: “Aqueles que já compraram terno da posse, podem usá-lo no velório”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.