Governo já garantiu 40 milhões de doses para imunizar 20 milhões de pessoas

Vacinação | Foto> Reprodução

O Ministério da Saúde apresentou, nesta quinta-feira, 8, detalhes do acordo que firmou com a aliança global de países para ter acesso a uma vacina contra a Covid-19. As duas doses que cada pessoa deve receber para ser imunizada vão custar 21 dólares – cerca de 117 reais – cálculo previsto pelo governo. A verba é do Sistema Único de Saúde (SUS).

Na semana passada, o governo federal editou medida provisória para liberar cerca de R$ 2,5 bilhões para o país aderir o consórcio global que impulsiona o desenvolvimento de vacinas contra o coronavírus.

Com isso, o governo garante acesso a nove vacinas em desenvolvimento e além de outras em análise. O governo brasileiro ainda tem parceria com o laboratório AstraZeneca para ter acesso a 100 milhões de doses no primeiro semestre de 2021.

A definição de grupos prioritários ainda depende de aprovação de uma cãmara técnica, mas o governo já garantiu 40 milhões de doses para imunizar 20 milhões de pessoas, principalmente trabalhadores da saúde, idosos com mais de 80 anos e pessoas com comorbidades.

As informações são da Revista Exame.