Vacina da Janssen é aprovada para uso emergencial no Brasil

Governo Federal comprou 38 milhões de doses do imunizante. Ele começará a ser aplicado no país a partir do 3° trimestre de 2021

Anvisa aprova uso emergencial da vacina da farmacêutica Janssen. | Foto: Yahoo Notícias

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou nesta quarta-feira, 31, o pedido de uso emergencial da vacina contra a covid-19 que é produzida pela farmacêutica Janssen. O Ministério da Saúde do Brasil comprou 38 milhões de doses do imunizante. A distribuição começará a ser feita no terceiro trimestre deste ano. A maior vantagem é que precisa de apenas uma dose para que a imunização faça efeito.

Segundo os estudos, a eficácia dessa vacina é de cerca de 66% contra casos moderados e de 85% contra os casos graves da doença. Esse imunizante pode ser armazenado por até 3 meses sob a temperatura de 2°C a 8°C. Antônio Barra Torres, diretor-presidente da Anvisa, afirmou que após a aprovação do uso dessa vacina, o Brasil pode entrar para o grupo de países que mais têm imunizantes aprovados em seu território.

Funcionamento da vacina da Janssen

A vacina da farmacêutica Janssen funciona a partir do mecanismo de uso de um vetor viral recombinante, carregando um vírus do resfriado comum, o qual foi desenvolvido para não causar grandes prejuízos ao corpo humano. Esse mesmo vírus traz uma parte do código genético do coronavírus, de maneira segura, que acabará fazendo com que o corpo reconheça a ameaça e passe a combater a Sars-CoV-2.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.