Tucanos disputam vaga na CDTC e liderança na Câmara

Thiago Albernaz deve ser indicado para Câmara Deliberativa do Transporte Coletivo e quer continuar líder do PSDB na Casa. Decisão não agrada Dra. Cristina Lopes

Cargos na CDTC e na liderança de bancada do PSDB ainda não foram acertadas | Fotos: Divulgação/Câmara de Goiânia

Cargos na CDTC e de líder de bancada não foram acertadas | Fotos: Divulgação/Câmara de Goiânia

A bancada do PSDB na Câmara Municipal de Goiânia vai passar por alterações nos próximos dias. O grupo é formado por sete vereadores e tem Anselmo Pereira como presidente da Casa.

Em recente reunião, ficou pré-definido que o atual líder tucano, Thiago Albernaz, será indicado para a Câmara Deliberativa do Transporte Coletivo (CDTC), colegiado que decide sobre os rumos do serviço na capital e Região Metropolitana.

Caso se confirme a indicação, o jovem parlamentar vai ocupar o lugar de Carlos Soares (PT), destituído da vaga pela presidência do Poder Legislativo recentemente.

Para ocupar oficialmente a vaga e participar das reuniões mensais da CDTC, Thiago aguarda ofício a ser enviado ao colegiado pela Mesa Diretora nos próximos dias. “Nós entramos em consenso e vamos seguir o acompanhamento político determinado pelo governo estadual”, adiantou.

Nove integrantes compõem a CDTC, entre eles representantes do governo de Goiás, da Prefeitura de Goiânia e da Companhia Metropolitana do Transporte Coletivo (CMTC) e da Rede Metropolitana de Transportes Coletivos da Grande Goiânia (RMTC).

Conforme relatou, os destaques nas próximas reuniões serão as obras do BRT-Norte/Sul e os impactos das novas tarifas do transporte coletivo, que subiu de R$ 2,80 para R$ 3,30 em fevereiro.

Acúmulo

Thiago informa ainda que, após ser confirmado como representante da Câmara na CDTC, pretende acumular o cargo de líder da bancada do PSDB. No entanto, o assunto está pendente. E a indecisão não agrada a vereadora Dra. Cristina Lopes, mais cotada para ocupar a liderança do tucanato.

Ressaltando que o colega de partido não decidiu o que quer, até o momento, ela relata estar disposta a desempenhar qualquer uma das funções. Via ofício, solicitou formalmente a ocupação dos cargos à presidência. “O Thiago diz que a liderança é simbólica para ele. Ao mesmo tempo, tem interesse na CDTC. Não quer abrir mão das duas. Politicamente, tem que tomar uma decisão”, avalia, realçando que não há acirramento entre os dois.

Caso não haja consenso sobre a liderança, a vaga será decidida na votação. Dra. Cristina acredita no apoio de Anselmo, Geovani Antônio e Dr. Gian. Quem decide o representante na CDTC é o próprio presidente da Casa. “Para mim é super simples, se não houver decisão, vamos disputar no voto”, comentou a parlamentar.

Em busca de acordo, a bancada se reúne em almoço na quarta-feira (8). Para tentar resolver o imbróglio, Rafael Lousa foi escalado. Ele é o nome mais forte para presidir o diretório metropolitano do PSDB.

Dr. Gian deve ser confirmado na Comissão da Planta de Valores | Foto: Divulgação/Câmara

Dr. Gian deve ser confirmado na Comissão da Planta de Valores | Foto: Divulgação/Câmara

Planta de Valores

Com a ascensão de Anselmo à presidência da Câmara, a vaga da comissão que promove os estudos sobre a Planta de Valores Imobiliários de Goiânia ficará disponível. O vereador Dr. Gian deve ser escolhido.

Neste ano, as discussões sobre o tema e o consequente aumento do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU/ITU) podem se intensificar. Principalmente após a derrota do Poder Executivo no ano passado, que enviou projeto visando reajustar as taxas.

A pressão popular fez com que vereadores da própria base do prefeito Paulo Garcia votassem contra a proposta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.