Trump afirma que líder do Estado Islâmico foi morto

Ele foi emboscado por uma operação dos EUA no noroeste da Síria

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou em entrevista coletiva nete domingo, 27)l, que o líder do Estado Islâmico (Isis), Abu Bakr Al-Bhagdadi, foi morto no sábado, 26. Segundo Trump, ele foi emboscado por uma operação do governo do país no noroeste da Síria.

“Ele foi o fundador do Isis, a mais impiedosa e violenta organização do mundo. Os EUA estavam procurando Bhagdadi por muitos anos. Capturar ou matar Bhagdadi se tornou a prioridade em segurança nacional da minha administração”, declarou Trump.

O governante estadunidense relatou que o líder da organização terrorista tentou escapar mas entrou em um túnel sem saída. Diante da situação, ele teria matado três crianças e depois se suicidado. Outras 11 crianças teriam sido retiradas sem ferimentos do local onde o líder do Isis foi encontrado.

O presidente informou ainda que nenhum agente envolvido na operação conduzida pelas forças de segurança estadunidenses foi morto. Já “uma grande quantidade de lutadores de Bhagdadi” morreu junto com o líder do Isis.

Com informações da Agência Brasil.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.