Torcedor é retirado de evento da Olimpíada supostamente por ter gritado “Fora, Temer!”

Rede de mídia denuncia ação policial contra manifestante que protestava pela saída do presidente interino. Organização vem trabalhando para conter críticas durante jogos

Pelo Facebook, a rede Mídia Ninja denunciou, neste sábado (6/8), a retirada de um torcedor das arquibancadas da final de Tiro com Arco das Olimpíadas supostamente por ter gritado “Fora, Temer!”. Nos vídeos postados, é possível ver um grupo de pelo menos quatro policiais abordando um homem e depois conduzindo-o para fora do local de provas.

Ao ver o homem ser levado, a plateia começa a vaiar os policiais e é possível ouvir gritos contra o presidente interino. Em outro vídeo, os policiais conversam com o homem e pedem que ele entregue seu celular e o cartaz que segurava. Ele se recusa e algumas pessoas em volta intervém para impedir que ele seja retirado da arquibancada.

O torcedor e outros ao redor argumentam que ele já fechou o cartaz, que não foi ele quem gritou, mas não funciona. Os policiais tentam tirá-lo à força de sua cadeira enquanto um homem com a camiseta da organização diz que os demais não sabem o que estava acontecendo e deviam apoiar a ação.

Enquanto ele deixa o local, algumas pessoas aplaudem, provavelmente incentivando a ação policial. Desde o início dos jogos, a organização aborda todas as pessoas que se manifestam para impedir mensagens contra Michel Temer (PMDB). Na abertura dos jogos, a orientação era pra que o som fosse aumentado imediatamente após o pronunciamento de Temer para impedir que as vaias fossem gravadas.

Confira os vídeos postados pelo Mídia Ninja:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.