Todas as Capitais brasileiras elegeram vereadoras em 2020

Apesar de novos nomes na Câmara, Goiânia manteve o número de vereadoras eleitas em 2016

Luciula do Recanto (PSD) 5.982 votos; Sabrina Garcez (PSD) 5.891 votos. Ambas foram as vereadoras mais votadas de Goiânia em 2020. │ Foto: Reprodução PSD e Fernando Leite

De acordo com os resultados divulgados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), todas as Capitais brasileiras elegeram ao menos uma mulher para as Câmaras Municipais. Vale lembrar que o número total de vereadores para cada município é diferenciado, conforme as necessidades dos mesmos.

Proporcionalmente, Porto Alegre (RS) foi a Capital com mais representatividade feminina, com 11 vereadoras para 36 cargos (o equivalente a 30,55%). Já a cidade que teve o menor índice foi João Pessoa. A Capital da Paraíba teve apenas uma mulher eleita vereadora para 27 vagas, totalizando 3,7% do total.

Houve também capitais onde uma mulher foi a líder de votações entre os vereadores: Aracaju, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, Recife e Rio Branco.

Situação goianiense

A Capital de Goiás ficou longe do pódio nessa disputa eleitoral. Goiânia ficou em 18º lugar proporcionalmente, com 5 mulheres eleitas vereadoras para 35 lugares na Câmara Municipal, o equivalente a 14,28%.

O número total é o mesmo das eleições municipais de 2016, embora novos nomes tenham aparecido entre as vereadoras. Leia Klébia (PSC) e Sabrina Garcez (PSD) foram reeleitas, enquanto Aava Santiago (PSDB), Gabriela Rodart (DC) e Luciula do Recanto (PSD) são nomes novos na Câmara. Luciula, inclusive, foi a única mulher a ficar entre os três primeiros mais bem votados em Goiânia no ano de 2020, com 5.982 votos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.