Tocantins fica sem ambulância terrestre a partir da meia noite deste sábado, 27

Governo do Estado estaria devendo quatro meses de repasse à empresa responsável por prestar o serviço

Tocantins fica sem ambulância terrestre a partir da meia noite deste sábado, 27
Foto: Reprodução

Em notificação, a empresa Elisabeth Santos Taveira informou ao secretário de Saúde do Estado de Tocantins, Renato Jayme da Silva, que haverá paralisação das UTIs móveis terrestres a partir da meia noite deste sábado, 27. O motivo é o atraso no pagamento dos serviços prestados pela empresa terceirizada.

Segundo a nota, eles estão há quatro meses sem receber os repasses do Governo. “Como todo serviço de alto custo, dependemos de fluxo de caixa para manutenção e no momento temos acertos a fazer com fornecedores de insumos que são essenciais para o funcionamento dos serviços”, escreveram.

A suspensão, que se inicia às 23:59 desta sexta, 26, valerá até a quitação dos débitos com a empresa. A notificação foi recebida pela secretaria ainda na quarta-feira, 24. Em nota, a Secretaria de Estado de Saúde (SES), do Tocantins, disse que pacientes não ficarão desassistidos. Leia na íntegra:

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) ressalta que os pacientes não ficarão desassistidos visto que está tomando, junto à empresa prestadora de serviços, as providências administrativas necessárias para garantir a regularidade da UTI Móvel Terrestre.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.