TJGO recebe denúncia contra jovem acusado de matar o pai por herança

Rapaz chegou a confessar o crime à polícia e também entregou seu suposto comparsa

Chegou ao Judiciário goiano na última quinta-feira (14/8) a denúncia contra Marco Rodrigues de Araújo, de 20 anos, acusado de matar seu pai, Divino Araújo, de 45 anos, a golpes de concreto, por conta de uma herança de aproximadamente R$ 80 mil. O caso está com o juiz Jesseir Coelho de Alcântara, da 1ª Vara Criminal de Goiânia, que determinou a citação dele e do outro denunciado, Wellington Santos Miguel, para responderam à acusação no prazo de dez dias.

Divino Araújo foi assassinado na noite de 13 de julho último e chegou a ser levado para o Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo), onde, segundo a unidade, já chegou sem sinais vitais.

As prisões ocorreram no dia seguinte à morte, após depoimentos de familiares e amigos que disseram aos policiais que o crime estaria sendo planejado há cerca de um mês por Marcono Rodrigues, que teria mudado seu comportamento para com o pai. Ele já tinha passagem por furto e roubo.

A mãe do suspeito faleceu há sete meses e deixou uma herança de R$ 160 mil, dos quais metade foi usada na aquisição de um lote e o restante guardado por Divino, tendo sido esta a motivação do homicídio.

Ao ser preso, Marco Rodrigues confessou o assassinato e repassou o endereço e a identidade do comparsa Wellington Santos. Ambos estão presos na Delegacia de Investigações de Homicídios (DIH).

Consta nos autos que para atrapalhar as investigações, Marco Rodrigues chegou a registrar boletim de ocorrência no posto policial do Hugo, entretanto, ele enviou mensagens de texto para outras pessoas nas quais afirmava ter tirado a vida de um homem com a ajuda de Wellington Santos e que ambos teriam recebido pelo crime. A quantia em questão era a da herança.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.