TJGO mantém condenação de serial killer de Goiânia por morte de morador de rua

Tiago Henrique tinha entrado com recurso pedindo novo julgamento

A 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO) manteve sentença que condenou o vigilante Tiago Henrique Gomes da Rocha pelo crime de homicídio qualificado por motivo fútil contra um morador de rua.

Tiago Henrique entrou com recurso pedindo novo julgamento alegando que a decisão do Conselho de Sentença, da 1ª Vara dos Crimes Dolosos contra a Vida de Tribunal do Júri, presidida pelo juiz Jesseir Coelho de Alcântara, sobre o caso de homicídio do morador de rua, Paulo Sérgio Xavier de Bastos, baseou-se somente nas provas do inquérito policial.

O TJGO, no entanto, manteve a sentença que condenou o réu a 20 anos de reclusão em regime fechado.

Caso

O vigilante Tiago Henrique Gomes da Rocha, que ficou conhecido em Goiânia por praticar diversos crimes, entre eles o assassinato em série de mulheres entre 2011 e 2014, foi considerado culpado pelo crime de assassinato do morador de rua Paulo Sérgio Xavier de Bastos.

O crime ocorreu por volta das 4 horas do dia 5 de novembro de 2012, em um ponto de ônibus da Praça Cívica, próximo à Avenida Araguaia, no Setor Central. Narra a denúncia que a vitima se envolveu em uma briga com outros moradores de rua, ocasião em que sofreu algumas pauladas na cabeça, indo se abrigar em um ponto de ônibus, sendo encontrado morto com um ferimento provocado por disparo de arma de fogo na cabeça. (Com assessoria do TJ-GO)

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.