Times goianos são os melhores da Série B no pós-Copa

Com o fim do mundial na Rússia no domingo passado (15/7), olhares dos torcedores goianos se voltam totalmente para o Brasileirão da Série B

Em terceiro lugar no Brasileirão Série B, Vila Nova puxa a boa fase dos goianos na competição | Foto: Douglas Monteiro/Comunicação Vila NovaCilas Gontijo

Nosso Estado conta com seus três principais times na disputa da Série B do Campeonato Brasileiro: Goiás, Vila Nova e Atlético Goianiense.

O time do Goiás, considerado o primo rico do Estado – com uma arrecadação muito superior aos outros dois –, não fez valer o poder do dinheiro nas primeiras rodadas da série B deste ano. A equipe esmeraldina iniciou a competição amargando a zona de rebaixamento, o que comprova a tese de que nem sempre o dinheiro ganha campeonato. Aliás, isso ficou muito mais nítido com a chegada da seleção croata na final da Copa do Mundo na Rússia.

O comandante esmeraldino ainda era o autoritário Hélio dos Anjos, perfil de técnico que os jogadores não aceitam mais. Com sua demissão, o clube trouxe um velho conhecido dos torcedores, considerado um treinador de ponta no futebol brasileiro: Ney Franco. Com seu novo método de trabalho, Ney conseguiu dar novo ritmo de jogo ao time, que saiu da zona do rebaixamento e hoje ocupa a faixa intermediária da tabela.

Na 10ª colocação, com 21 pontos conquistados, o Goiás tem responsabilidade bem maior que os outros de estar na Série A em 2019. Por ser considerado time grande, tem de fazer isso valer dentro de campo.

No momento, o Verdão e o Dragão são os melhores times das últimas cinco rodadas, com 13 pontos ganhos cada. Em seguida vem o Tigrão, com 11 pontos conquistados nesse período.

O Vila Nova, que diferente dos outros dois vem mantendo os primeiros lugares na tabela de classificação desde o início e é o que menos perdeu, estando há oito rodadas invicto, é dono da terceira colocação com 27 pontos. O Tigrão manteve seu bom técnico, Hemerson Maria, que pode levar a equipe ao acesso à primeira divisão do Brasileiro, o que é um sonho da imensa torcida colorada.

O Atlético Goianiense, que por alguns anos vem mantendo à frente da diretoria de esporte o competente Adson Batista, tem feito boas contratações, inclusive a do competente técnico Claudio Tencati. O time tem jogado bem e agradado seus torcedores. Ocupa a 5ª colocação com 26 pontos, um a menos que o Vila e cinco a mais que o Goiás.

Nossos três times goianos, digo “nossos” porque, como diz o talentoso narrador de futebol Edson Rodrigues, “torço pelo nosso futebol”, se continuarem jogando bem, sendo competitivos, pela primeira vez veremos a possibilidade de os três subirem para a Série A do ano que vem. Por que não?

Deixe um comentário