Thiago Peixoto diz que candidatos precisam debater regulamentação do Uber em Goiânia

Deputado federal alerta para a falta de propostas concretas aos aplicativos de transporte individual 

Deputado federal Thiago Peixoto foi o primeiro passageiro do Uber em Goiânia | Foto: reprodução

Deputado federal Thiago Peixoto foi o primeiro passageiro do Uber em Goiânia | Foto: reprodução

O deputado federal Thiago Peixoto (PSD) usou as redes sociais para cobrar um debate mais aprofundado por parte dos candidatos à Prefeitura de Goiânia sobre a regulamentação do Uber.

Para ele, o tema precisa ser tratado com urgência: “Percebo que muitos candidatos falam de mobilidade, mas ainda não se posicionaram sobre a regularização do Uber em Goiânia. É um debate moderno e os candidatos não podem fugir deste tema. Temos que olhar para o cidadão”.

Atualmente, tramitam na Casa dois projetos de lei que pretendem regular a prestação do serviço em Goiânia, um do vereador Carlos Soares (PT), apresentado em agosto do ano passado, e outros do vereador Djalma Araújo (Rede), apresentado em junho. Contudo, a discussão segue “emperrada” na Casa de Leis.

Thiago Peixoto defende que a prefeitura de Goiânia regulamente o Uber o mais rápido possível — a gestão do prefeito Paulo Garcia (PT) afirmou, quando o aplicativo chegou à capital, que não faria a regulação por decreto, como em São Paulo.

“Passou da hora de termos uma definição sobre o Uber em Goiânia. Participei desde o começo dessa discussão e tive a oportunidade de trazer a empresa para Goiânia e promover um diálogo com o prefeito, que se mostrou simpático à ideia à época”, lembra o deputado.

Ainda para o pessedista, o conflito entre Uber e táxi vem aumentando em Goiânia. “Defendo a tese de quem tem o poder de escolha é o cidadão. É ele que vai definir se quer se movimentar de táxi, Uber, ônibus ou outros meio de transporte”, arremata.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Washington Renato

Sr Deputado Thiago Peixoto, o sr tem lembra o táxi tem mais de 4.000 família que depende desse seguimento, e a UBER são pessoas faz um complemento de renda, com isso o sr está querendo acabar com uma classe que só do táxi.

Passar bem sr Deputado Thiago Peixoto.