Técnico do Atlético-GO diz que não comentará ocorrido: “Vida particular pertence a mim”

Em pronunciamento à imprensa após desaparecimento, Marcelo Cabo lamentou especulações sobre caso

O técnico do Atlético Goianiense, Marcelo Cabo, reuniu a imprensa na manhã desta quinta-feira (19/1) para avisar que não dará detalhes sobre seu desaparecimento, que virou caso de polícia no começo desta semana.

Em seu primeiro pronunciamento após ter sido encontrado pela Polícia Militar em um motel de Aparecida de Goiânia, disse que sua vida pessoal pertence somente a ele.

“Se houve especulações, terão coisas boas como aconteceram, pois vi que sou bem querido pela torcida e pela diretoria, mas também vão ter coisas ruins que vão falar que não têm fundamento”, afirmou.

Cabo se disse “chateado” com alguns boatos, mas está “tranquilo” para continuar o trabalho à frente do time goiano: “É normal, mas vamos encarar de frente”. Ao final, agradeceu à imprensa e à diretoria do time — que decidiu não demiti-lo.

Marcelo Cabo foi tido como desaparecido após “desaparecer” na madrugada de sábado (14) para domingo (15). Em coletiva de imprensa, o Atlético-GO explicou que não tinha notícias do técnico e acionou a polícia.

Veja abaixo vídeo do pronunciamento:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.