TCU receberá informações do STF sobre processo contra Glenn Greenwald

Processo movido pela Rede indica possível abuso de poder em ação que teria como objetivo intimidar editor do Intercept Brasil

Foto: reprodução

Em decisão do ministro Gilmar Mendes, o Supremo Tribunal Federal (STF) autorizou o compartilhamento integral das informações sobre o processo de possível descumprimento de regras no processo que abriu investigação contra o jornalista Glenn Greenwald, do site The Intercept Brasil, com o Tribunal de Contas da União (TCU).

O processo contra Glenn está suspenso após ação movida pelo partido Rede Sustentabilidade, que aponta irregularidades ocorridas no âmbito do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf).

O processo indica possível abuso de poder, tendo sido buscado com o objetivo de intimidar Greenwald após a divulgação de conversas e trocas de mensagens entre magistrados e procuradores que atuam e atuaram na força-tarefa da Lava Jato.

A solicitação de compartilhamento foi feita pelo ministro Bruno Dantas, que considera a medida necessária para esclarecimento dos fatos e o aprofundamento dos trabalhos, “considerando a relevância e gravidade das ocorrências noticiadas”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.