Tayrone di Martino diz que “muito do que é hoje” deve ao governador Marconi

Vereador recém-filiado ao PSDB revelou que concluiu o curso de Jornalismo graças à Bolsa Universitária 

Tucanato em Goiânia: presidente da Câmara, Tayrone de Martino; governador Marconi Perillo; e o prefeito Anselmo Pereira | Foto: Rodrigo Cabral

Tucanato em Goiânia: presidente da Câmara, Tayrone de Martino; governador Marconi Perillo; e o prefeito Anselmo Pereira | Foto: Rodrigo Cabral

Recentemente, o vereador Tayrone di Martino, agora no PSDB, tem derramado elogios ao governador Marconi Perillo. Nesta semana mesmo, durante o evento Câmara + Governo Itinerante, na região Leste de Goiânia, o neo-tucano revelou que se formou em Jornalismo graças a um programa do primeiro governo Marconi: a Bolsa Universitária.

“O senhor não sabe, mas já dependi do governo. Eu vim de família pobre, sempre tive dificuldade e quando passei na faculdade, não tinha condição de pagar a mensalidade e nem sequer o ônibus, para ter a noção de como foi difícil. No entanto, no meio das dificuldades, tive uma ação do governo que me ajudou a terminar meu curso, a Bolsa da OVG”, contou Tayrone ao governador.

Durante seu discurso como presidente da Câmara Municipal de Goiânia — cargo que ocupa interinamente –, ele afirmou que “muito do que é, tanto profissional, como politicamente” deve a Marconi Perillo.

Eleito em 2012 pelo PT, tendo sido assessor de imprensa do prefeito Paulo Garcia, Tayrone foi expulso do partido após abandonar a chapa do ex-governadoriável Antônio Gomide durante a corrida ao Palácio das Esmeraldas em 2014.

Filiado ao PSDB, é cotado para compor a chapa do prefeito de Trindade, Jânio Darrot (PSDB), à reeleição no próximo ano.

 

3 respostas para “Tayrone di Martino diz que “muito do que é hoje” deve ao governador Marconi”

  1. Denis Robson disse:

    Eu achei muito bom esse cara ter abandonado o maldito do gomide,quem com ferro fere ,com ferro é ferido!!!

  2. Amarilio fernandes disse:

    Na verdade não aprecio politico que não tem lado, esse vereador e um exemplo claro disso, agora em outra sigla ele será ” SUFOCADO”.. pelos ” GRANDES” do partido e sumirá de cena…..

  3. Paulo disse:

    Ele fala que saiu do PT por não concordar com o projeto que aumentaria a planta de valores e consequentemente o do IPTU, mas agora, o que ele tem a dizer desses aumentos de impostos aprovados na surdina pelo governador do seu novo partido a quem vem derramando elogios?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.