Tarifa branca entra em vigor para clientes com alto consumo de energia

Quem adotar o novo modelo de cobrança deve concentrar o uso da energia entre as 22 horas de um dia e 17 horas do dia seguinte

Quem consumir mais que 500 quilowatts-hora por mês já pode aderir à tarifa branca que entrou em vigor nesta segunda-feira (1/1) e economizar na conta de energia.  Os consumidores que tiverem interesse no novo regime de cobrança devem procurar a Celg.

A medida, no entanto, só é vantajosa para os clientes que conseguirem adequar o consumo fora dos horários de pico. O uso de eletrodomésticos e chuveiro elétrico, por exemplo, deve acontecer entre 22 horas de um dia e 17 horas do dia seguinte.

Para quem aderir ao novo modelo, a  energia consumida fora dos horários estabelecidos pode ficar até cinco vezes mais cara. Os demais consumidores consumidores continuam pagando o mesmo valor pela energia consumida em qualquer horário.

A partir de janeiro de 2019, consumidores com consumo médio mensal acima de 250 kWh poderão migrar para o novo regime. E, em 2020 o modelo de cobrança será disponibilizado para todos os consumidores.

Deixe um comentário