Suspensa atividade profissional de sete advogados

Peça acusatória narra que o esquema consistia no ajuizamento de ações fraudulentas na comarca de Corumbá de Goiás

 

A juíza Placidina Pires, da Vara dos Feitos Relativos a Organizações Criminosas e Lavagem de Capitais suspendeu cautelarmente as atividades profissionais de sete advogados, suspeitos de participarem de uma série de crimes que envolvem falsidade ideológica, uso de documentos falsos, estelionato, peculato, corrupção ativa, corrupção passiva e lavagem de capitais na comarca de Corumbá.

Na decisão, a magistrada argumentou que as condutas imputadas aos supracitados advogados são concretamente graves e mostram-se totalmente incompatíveis com o regular exercício da advocacia – atividade que, de tamanha importância, é reconhecida na Constituição Federal como Função Essencial à Administração da Justiça e que, a toda evidência, não pode servir como escudo ao cometimento de infrações penais.

Segundo a denúncia, o grupo de advogados supostamente agia em conluio com o juiz Levine Raja Gabaglia Artiaga, aposentado compulsoriamente por força de decisão do Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás, em outubro deste ano.

A peça acusatória narra que o esquema consistia no ajuizamento de ações judiciais fraudulentas na comarca de Corumbá de Goiás – onde o magistrado atuava – com instrução de documentos falsos e relações jurídicas inexistentes, desviavam valores milionários depositados em contas bancárias de terceiros. Foram identificados, pelo menos, 43 processos com indícios de fraudes, que teriam envolvido mais de R$ 18 milhões em desvios.

Os advogados afastados cautelarmente foram Ademar Pereira da Silva Filho, Alexandrino Araújo Oliveira Neto, Antônio Carlos Almeida Guerreiro de Carvalho, Jorge Fernando Viana Lopes, José Cláudio de Holanda Jacinto, Romerson Iury Xavier Lemes e Wanderson Santos de Oliveira.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.