Suposto serial killer irá a júri popular por assassinato de morador de rua

Esta é a 20ª sentença de pronúncia para Tiago Henrique, que responde por 29 denúncias de assassinatos em Goiânia

Tiago Henrique da Rocha, suposto serial killer que responde por 29 casos de assassinato, irá a júri popular pelo homicídio de Valdivino Luiz Ribeiro, morador de rua. Tiago já havia confessado o ato quando foi preso, mas ficou calado durante a audiência. A decisão partiu do juiz Jesseir de Alcântara da 1ª Vara Criminal de Goiânia.

Valdivino foi assassinado na madrugada de 22 de outubro de 2012, no centro de Goiânia. O autor do crime deu um tiro em sua cabeça enquanto ele dormia na calçada. A bala não foi encontrada e não há testemunhas presenciais, mas, segundo o juiz, o padrão de ação de Tiago, junto às outras provas existentes, são suficientes para apontar Tiago com o culpado da morte de Valdivino.

Este é o 20° caso pelo qual Tiago é julgado. Quando foi preso, Tiago assumiu a autoria de 39 assassinatos, mas depois afirmou ter sido coagido por pessoas na delegacia a se declarar culpado por alguns crimes que não teria cometido. Ele já recebeu outras 19 sentenças de pronúncia.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.