Supermercado de Aparecida é interditado com 3 toneladas de alimentos estragados

Carne apodrecida, fezes, pombos e até veneno no chão foram encontrados no estabelecimento — que é reincidente 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Fotos: Assessoria da Polícia Civil 

A Delegacia Estadual de Repressão a Crimes contra o Consumidor (Decon) e a Vigilância Sanitária de Aparecida de Goiânia interditaram, no último fim de semana, mais uma vez o supermercado Estrela (atualmente, Super Star), localizado no Setor dos Afonsos, em Aparecida de Goiânia.

De acordo com informações da Decon, foram apreendidas cerca de 3 toneladas de produtos impróprios para consumo. Nas imagens divulgadas nesta terça-feira (19/7), é possível ver carnes mal acondicionadas, vencidas e até apodrecidas.

Segundo o delegado Webert Leonardo, havia fezes no depósito de alimentos e pombos (veja no vídeo abaixo). Este mesmo estabelecimento foi interditado em outubro do ano passado, quando foi apreendida 1 tonelada de produtos estragados.

Em março, o proprietário — que à época foi conduzido e autuado em flagrante — transferiu o supermercado para uma mulher. Contudo, a Polícia Civil acredita que, apesar da alteração no contrato social, ele continua comandando o local.

“Estamos investigando se não foi uma manobra para dificultar trabalho da Decon. Como o Procon e a Vigilância Sanitária têm competência apenas administrativa, do ponto de vista legal, de fato, minimiza a responsabilidade da proprietária”, explica Webert Leonardo.

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.