Sucesso em 98, Nerso da Capitinga volta em campanha de Marconi insinuando que Iris seja um “denossauro”

Desta vez, o personagem traz à cena um novo dinossauro de brinquedo: “o inoperante”

Recentes vídeos postados em uma conta vinculada ao governador e candidato à reeleição Marconi Perillo (PSDB) no YouTube trazem de volta para a campanha tucana o Nerso da Capitinga, personagem do humorista Pedro Bismarck.

Nerso foi uma das armas utilizadas pelo PSDB na vitória do atual governador, em 1998. Nos novos vídeos, o humorista volta a aludir a figura do principal oponente de Marconi, o decano peemedebista Iris Rezende, à de um dinossauro de brinquedo ou “denossauro”, como pronuncia o personagem.

Desta vez, Nerso traz à cena um novo dinossauro de brinquedo. “Ele saiu da prefeitura e entrou o inoperante”, destaca o humorista em um dos vídeos, fazendo referência à desincompatibilização de Iris Rezende da prefeitura de Goiânia, em 2010, para concorrer ao governo, deixando o petista Paulo Garcia como o chefe do Executivo municipal.

Até o momento, as esquetes estreladas por Nerso, com cerca de quarenta segundos cada, já contabilizam cinco episódios. O último foi publicado no último dia 9. Confira alguns vídeos:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.