STF autoriza Roger Abdelmassih a voltar a cumprir prisão domiciliar

Médico que estuprou 37 pacientes deve deixar a penitenciária em Tremembé neste sábado (30)

O STF determinou que o médico Roger Abdelmassih deve deixar a penitenciária em Tremembé (SP) neste sábado (30/9) para cumprir prisão domiciliar novamente.

A decisão foi tomada pelo ministro Ricardo Lewandowski e o médico deve retornar ao apartamento da esposa, em São Paulo.

Roger foi condenado a 181 anos de prisão por 48 estupros de 37 pacientes.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.