Sob suspeita de fraude, vereadores saem em defesa do Nexus

Milton Mercêz, Richard Nixon, Eudes Vigor o presidente Anselmo Pereira sugeriram que Goiânia deveria “agradecer” aos empresários Ilézio Inácio e Júnior Friboi

vereadores-defesa-nexus

Vereadores Anselmo Pereira, Richard Nixon, Eudes Vigor e Milton Mercêz | Fotos: Câmara Municipal de Goiânia

Mesmo após o Jornal Opção revelar, com exclusividade, uma possível fraude no Estudo de Impacto de Vizinhança (EIV) do Nexus Shopping & Business — que está sendo investigada pelo Ministério Público de Goiás (MPGO) –, alguns vereadores saíram em defesa do empreendimento gigantesco que a Consciente Construtora pretende erguer na antiga Praça do Ratinho.

Na tribuna na manhã desta quarta-feira (21/101), Milton Mercêz (Sem partido) afirmou que a cidade de Goiânia deveria “beijar os pés” dos empresários Ilézio Inácio Ferreira e Júnior Friboi — responsáveis pelo Nexus. A justificativa da afirmação surreal é que, no momento de crise, os dois estariam “gerando empregos” na cidade. “Agradeço e defendo os empresários! Deixem eles trabalhar”, clamou o parlamentar, em referência à CEI das Pastinhas — que investiga crimes cometidos, justamente, por empresários da construção.

Logo em seguida, o presidente da Casa, Anselmo Pereira (PSDB), também destacou a “importância” desses empresários para a cidade, elogiando a atuação de Mercêz — que, coincidentemente, teria uma empresa de material de construção, no Setor Urias Magalhães. “Tem que corrigir os erros, mas a Câmara não pode inibir a atividade empressarial. Nessa crise é preciso agradecer quem quer investir”, afirmou o tucano.

Um dos comentários que chamou atenção foi a “alfinetada” que o vereador Eudes Vigor (PMDB) deu ao Jornal Opção. Sem citar o nome, ele sugeriu que “alguns veículos de comunicação” tentam denegrir a imagem da Consciente Construtora e de seu diretor, Ilézio Inácio. “Uma empresa séria, que tem projetos importantes para Goiânia. Lamentável ver que alguns veículos têm estampado sua imagem de forma muito ruim”, declarou.

Vale ressaltar que a reportagem do Jornal Opção que deflagrou a possível fraude no EIV do Nexus está baseada em um longo período de investigação e conta, ainda, com a análise de um perito criminal que atestou, preliminarmente, a falsificação de assinaturas na pesquisa de opinião apresentada pela Consciente Construtora e a JFG Incorportadora.

Eudes Vigor falou sobre a relevância do Nexus para a região e aproveitou para cumprimentar os empresários, pois o empreendimento “é importantíssimo”.

Já o vereador Richard Nixon (PRTB), aproveitou para exaltar o “amor” que Júnior Friboi tem por Goiânia. Segundo ele, o empresário da carne e ex-peemedebista tem casa nos Estados Unidos, mas escolheu morar em Goiânia. “Esse [Nexus] será o primeiro de muitos. Ele vai investir muito na capital”, completou.

Toma lá dá cá
Vereadores Djalma Araújo, Paulo Magalhães e Elias Vaz | Foto: Câmara Municipal de Goiânia/ Fernando Leite Jornal 0pção

Vereadores Djalma Araújo, Paulo Magalhães e Elias Vaz | Foto: Câmara Municipal de Goiânia/ Fernando Leite – Jornal 0pção

Após os cortejos aos empresários Ilézio Inácio e Júnior Friboi, outros vereadores tomaram a palavra para acrescentar bom senso à discussão e desconstruir o discurso das “boas intenções” de empreendedores. Pedro Azulão Júnior (PSB) questionou essa defesa por parte de alguns parlamentares: “Sou a favor das coisas corretas. Essa ‘conversinha’ de geração de emprego não é certa não! Os empresários têm que fazer o que é certo… Desconheço essa postura dos que defendem o Nexus”, alertou.

Djalma Araújo (Rede) destacou que não tem nada contra Ilézio e Friboi, mas pede que o Nexus cumpra a legislação e leve em conta o adensamento urbano. “O Jornal Opção mostrou a fraude. Há uma fraude então não se pode apoiar um empreendimento desses. Não podemos apoiar algo que esteja ilegal. Eles precisam cumprir a lei”, completou.

Sobre a geração de empregos, o parlamentar da Rede Sustentabilidade questionou: “Vai gerar empregos, sim, mas será que é tantos assim?”.

O presidente da CEI das Pastinhas, Elias Vaz (PSB), fez questão de exaltar o trabalho que a comissão tem desenvolvido, na investigação de empresários da construção que estão envolvidos em um suposto esquema de corrupção dentro da Prefeitura de Goiânia. “Para aqueles que acham que a CEI vai terminar em pizza, hoje mesmo conseguimos anular vários alvarás de grandes empresários que agiram de forma irregular”, alertou.

O discurso mais contundente foi do vereador Paulo Magalhães (SD), que questionou o porquê de Milton Mercêz subir à tribuna para defender Ilézio e Júnior Friboi.

“Quero mostrar quem são os empresários que o Milton Mercêz vem defender, tem que ter mais responsabilidade antes de falar. São empresários corruptos, mal-intencionados. Vem ‘seu Milton’ agora defender empresários que descuidam do meio ambiente. Vem defender empresário corrupto, que não respeita a vida, que não respeita os cidadãos. O senhor Milton não sabe o que representa”, criticou.

4 respostas para “Sob suspeita de fraude, vereadores saem em defesa do Nexus”

  1. Avatar Epaminondas disse:

    Obrigado, empresários, em inviabilizar o trânsito em um dos poucos corredores do município. Folgo em saber que a AMT sempre terá uma solução para o trânsito, simplesmente realizando um desenho intransitável.

    Ademais, Goiânia tem um vereador chamado “Richard Nixon”. Não sei se torço para que ele seja igual ao americano ou contrário dele.

  2. Avatar Caio Maior disse:

    Alguns políticos medíocres possuem indiscutível talento para colocar o interesse de “alguns” acima das leis instituídas para assegurar a proteção da cidade. É o caso. O eleitor deve estar atento para não incorrer no equívoco de reeleger esse tipo de político: bajulador e lacaio subserviente dos “generosos” patrocinadores de “campanhas eleitorais”. A desenvoltura que esses vereadores demonstraram apoiando uma “causa” indefensável envergonha quem ainda pratica a honestidade.

  3. Avatar Deolinda Taveira disse:

    É muito cinismo. Financiamento privado acabou, senhores “representantes do povo”, portanto, defendam os interesses da população ! É para isso que foram eleitos.

  4. Avatar Marcos disse:

    Um investimento “privado”, na verdade nós ja sabemos que é um grande jogo, aonde um quer ganhar em cima do outro, usando as suas influencias para criar situações na mídia, desnecessárias nexusgoiania.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.