Comércio em Goiás vai abrir nos feriados que caem em dias de semana para cobrir prejuízo de 2020

De acordo com o Sindilojas-GO serão feitos ajustes para que os comerciantes fechem as portas o mínimo possível. Segundo o sindicato a abertura nesses dias fará uma diferença considerável nos resultados

Ainda não há estimativa dos prejuízos em 2020| Foto: Divulgação

O comércio de Goiás já começa a se ajustar neste início de ano para se adequar aos feriados. Neste ano, 9 dos 11 feriados nacionais serão em dias úteis. Após as restrições sanitárias impostas em 2020, como o fechamento compulsório de shoppings centers e comércio de rua, os comerciantes vão se valer de acordos coletivos entre sindicatos patronais e laborais para convocar os empregados, abrir as portas e fazer a economia girar.

Neste ano, apenas os feriados do Dia de Trabalho (1º de maio) e Natal, cairão no final de semana. Dos feriados municipais em Goiânia, o aniversário da cidade (24 de outubro) será em um sábado. O feriado de Nossa Senhora Auxiliadora, Padroeira de Goiânia (24 de maio), este ano será numa segunda-feira.

Segundo o Sindicato do Comércio Varejista no Estado de Goiás (Sindilojas-GO), ainda não há um balanço das perdas sofridas pelo comércio em 2020, mas que o comércio, apesar de todas as adversidades imprimiu um bom ritmo de recuperação no último quadrimestre do ano passado. 

Uma das estratégias do Sindilojas-GO para recuperar parte das perdas de 2020, é a abertura dos comércios nos feriados que caiam em dias úteis. A abertura dos comércios nos feriados é permitida, desde que haja acordos coletivos bilaterais envolvendo os sindicatos das empresas e dos empregados.  “A abertura do comércio nos feriados, que é uma conquista da classe lojista, fará toda a diferença em 2021, neste ano cheio de feriados caindo em dias úteis”, pontuou Eduardo Gomes dos Santos, presidente do Sindilojas-GO.  

O ano de 2021 é encarado com otimismo pelo Sindilojas-GO. Com a vacinação próxima, a tendência é que o comércio recupere a maior movimentação nas datas comemorativas do primeiro semestre (Páscoa, Dia das Mães e Dia dos Namorados), que foram prejudicadas pelas restrições impostas no ano passado. As datas comemorativas da primeira metade do ano são historicamente um motor para impulsionar o comércio e a economia no decorrer do ano. Entretanto, caso a vacina não seja aplicada neste primeiro quadrimestre de 2021, o Sindilojas-GO irá dialogar com o governo para manter a abertura do comércio. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.