Servidores da rede estadual de Educação realizam paralisação nesta quarta-feira

Professores e administrativos participam de assembleia geral para discutir reivindicações da categoria

Foto: Reprodução/Site Sintego

Foto: Reprodução/Site Sintego

O Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Goiás (Sintego) convocou para a próxima quarta-feira (1/4) a paralisação de professores e servidores administrativos das escolas da rede estadual.

Na mesma data será realizada na Câmara Municipal uma assembleia geral para discussão de questões da categoria, como reajuste do piso salarial, realização de concursos públicos, Quadro Transitório do Magistério e transferência da gestão escolar para Organizações Sociais (OS).

A assembleia convocada para amanhã é a segunda a ser realizada em 2015, a primeira ocorreu no mês de março. Apesar de haver diálogo entre a categoria e a secretária Raquel Teixeira, o sindicato solicita audiência com o governador Marconi Perillo (PSDB) para tentar acelerar a negociação e o atendimento de suas reivindicações.

TCE

Na última quinta-feira foi entregue ao Tribunal de Contas do Estado de Goiás (TCE) uma representação do Sintego que pede maior envolvimento do órgão na fiscalização do cumprimento das normas específicas relacionadas à responsabilidade da gestão fiscal dos recursos destinados à Educação. Bia de Lima, presidente do Sintego, explicou que a gestão desses recursos em Goiás não é feita pela secretaria de Educação, mas pela secretaria da Fazenda, o que infringiria a legislação sobre o assunto.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.