Serraglio rejeita convite de Temer para assumir Transparência

Informação publicada pelo jornal “Folha de S. Paulo” relata que peemedebista decidiu voltar para a Câmara 

Osmar Serraglio |Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O peemedebista Osmar Serraglio (PR) rejeitou o convite do presidente Michel Temer (PMDB) para assumir o Ministério da Transparência. A informação foi divulgada pelo jornal “Folha de S. Paulo” na manhã desta terça-feira (30/5).

Segundo a publicação, depois de ser destituído do cargo de ministro da Justiça, Serraglio anunciou a deputados da bancada do PMDB que voltará para a Câmara. Ele deve se encontrar com Temer ainda hoje.

Com isso, o deputado afastado Rodrigo Rocha Loures (PMDB­-PR), que é suplente do ex-ministro, perderá definitivamente o foro privilegiado. Alvo de investigação no Supremo Tribunal Federal (STF), ele foi gravado por executivos da da J&F, controladora da JBS, concordando em apresentar uma prévia do relatório da Medida Provisória do Refis, que ainda não era público.

Posteriormente, foi filmado recebendo R$ 500 mil enviados por Joesley Batista. Loures é apontado como intermediário do presidente Michel Temer para assuntos do grupo J&F com o governo, de acordo com denúncia do Ministério Público Federal (MPF), com base em áudio de conversa gravada por Joesley.

Rusga

Apesar de o governo não ter confirmado o motivo da demissão de Serraglio, avalia-se que ela tenha sido uma resposta do governo às críticas de que ele não reagiu a episódios de violência no país e também pode ser uma antecipação à possível citação de seu nome em uma eventual delação premiada do fiscal agropecuário Daniel Gonçalves, suspeito de liderar o esquema investigado na Operação Carne Fraca.

Em grampo da Polícia Federal, Osmar já foi gravado chamando Daniel de “grande chefe” quando ligou para ele tentando obter informações sobre frigorífico no Paraná. Ainda não há informações sobre quem irá suceder Torquato na Transparência.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.