Serial killer de Goiânia é condenado a mais 20 anos de prisão por morte de adolescente

Ex-vigilante Tiago Henrique Gomes da Rocha foi considerado culpado pelo homicídio de Isadora Aparecida Cândida dos Reis, de 15 anos

Este foi o 26º julgamento a que Tiago Henrique foi submetido | Foto: Aline Caê / TJGO

Este foi o 26º julgamento a que Tiago Henrique foi submetido | Foto: Aline Caê / TJGO

O serial killer de Goiânia, Tiago Henrique Gomes da Rocha, foi julgado nesta segunda-feira (12/12) pela morte de Isadora Aparecida Cândida dos Reis, crime que ocorreu em junho de 2014. O ex-vigilante foi condenado a 20 anos e seis meses de prisão, porém teve a pena reduzida em seis meses pela confissão espontânea do crime.

A jovem, que tinha 15 anos, foi morta na companhia do namorado, na Avenida São Geraldo, no Setor São José, em Goiânia, com um tiro pelas costas após um suposto assalto. De acordo com o depoimento do namorado, à época, o criminoso teria chegado numa moto prato e exigido o celular. Quando Isadora ia entregar o celular, o aparelho caiu no chão, no que o assaltante a agarrou pelo braço e disparou.

O promotor de Justiça Maurício Gonçalves de Camargos requereu a condenação do vigilante nos limites da pronúncia. O Conselho de Sentença reconheceu que o crime foi praticado por motivo torpe e com o emprego de recurso que impossibilitou a defesa da vítima.

Ao proferir a sentença, o juiz Jesseir Coelho de Alcântara ressaltou que a personalidade e a conduta social de Tiago Henrique são preocupantes, uma vez que usa práticas criminosas e que de acordo com o laudo médico pericial de insanidade mental ele possui transtorno de personalidade antissocial conhecido como psicopatia.

Somadas, as penas impostas ao ex-vigilante chegam a 564 anos e 4 meses de prisão – 24 condenações por homicídio, 1 por roubo a agência lotérica e 1 por porte ilegal de arma. Na próxima quinta-feira (15), Tiago Henrique enfrenta seu 27º júri, pela morte do morador de rua Marcos Aurélio Nunes da Cruz.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.