Sérgio Cardoso: um homem de ação

Superintendente executivo de Ciência e Tecnologia da SED, Danilo Ferreira Gomes

Por Danilo Ferreira Gomes

Sérgio Antônio Cardoso de Queiroz, Sérgio Cardoso ou Sérgião… Pai de família, extremamente profissional e amigo de todos. Bacharel em Direito, secretário de Estado e bancário licenciado.

Ou, simplesmente como está em seu próprio perfil no Twitter, esposo da Vânia, pai da Amanda e do Paulo Sérgio. Vânia é uma mãe fantástica e exemplar servidora do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás. Amanda cursa Arquitetura e Paulo Sérgio, engenheiro formado pela UNB, tem mestrado pela Universidade de Massachusetts (EUA) e hoje vive e trabalha em Nova York, além de falar, com fluência, cinco idiomas. Ressalto: a família é o retrato do próprio sucesso.

Sérgio nasceu e cresceu em Guapó. Foi o vereador mais jovem daquela cidade e até hoje o mais bem votado. Ao entrar na vida política, foi descoberto pelo então governador Henrique Santillo, de quem foi assessor. Ali conheceu Marconi Perillo, jovem aguerrido e destemido, que iniciava sua jornada no PMDB Jovem.

Nesta mesma época se torna funcionário do extinto BEG e conhece sua futura esposa, irmã de Marconi. Se apaixonam, namoram e até hoje mantêm um casamento onde a felicidade e o companheirismo se fazem sempre presente.

No rompimento entre Henrique Santillo e Iris Rezende, Sérgio se posiciona do lado dos goianos e paga um preço por isso. Como gerente do BEG, foi transferido de agências e de cidades praticamente com a mesma frequência com que Iris pagava o salário dos servidores públicos: de três em três meses.

Paralelamente à sua vida de bancário, na vida política ele continua a acompanha seu mentor Santillo e seu cunhado Marconi que, numa trajetória ascendente, em oito anos salta de deputado estadual de oposição para governador nas eleições de 1998.

Com a privatização do BEG, Sérgio se torna funcionário do Banco Itaú ao mesmo tempo em que é convidado por Marconi para assessorá-lo já a partir de janeiro de 99.

E os números estão aí para todos verem: nos últimos 20 anos Goiás saiu do completo ostracismo para destaque nacional. Multiplicamos por 10 o PIB de nosso Estado. Saltamos da 16ª economia em 1999 para a 9ª economia do país atualmente. Acertadamente, tudo isso é resultado da indiscutível liderança do governador e de sua sabedoria em compor todas suas equipes. Nos bastidores, Sérgio foi imprescindível para todos estes e outros importantes resultados.

Lideranças políticas e empresariais, vereadores, prefeitos, deputados e senadores. Sérgio conhece a todos nominalmente ao mesmo tempo em que é reconhecido por eles.

É fato que a máquina pública gira pela engrenagem daqueles que flutuam entre o técnico e político. Sérgio é um exemplo deste perfil. Inúmeras obras em todo Estado decisivamente são uma realidade por esta posição que ele ocupa.

O político representa e sente as demandas de cada região e as leva à administração pública. Com a máquina burocrática, alguns gargalos são naturais. Neste contexto de monitoramento e resolução de demandas, a Secretaria de Articulação Política, que Sérgio comanda, se tornou ponto estratégico para o Governo do Estado.

Atualmente ele está na coordenação do Programa “Goiás na Frente” que conta com obras em quase todos municípios de nosso Estado. Processos de toda ordem são ali analisados e validados para que, em seguida, os convênios sejam celebrados. Por isso 80% das obras já estão sendo concluídas.

Experiente, Sérgio foi mais que testado e está aprovado para qualquer novo desafio na administração pública. E não por acaso conta com apoio irrestrito de todos que o conhecem e que sabem da sua capacidade.

Danilo Ferreira Gomes é Superintendente Executivo de Ciência e Tecnologia da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico do Governo de Goiás.

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Orlando

Sérgio Cardoso é um dos melhores nomes dos Governos Marconi Perillo!! Parabéns pelo Artigo!!