O juiz federal do Rio de Janeiro, Marcelo Bretas, atendeu pedido da defesa de Cabral, já que ele tem colaborado de forma suficientemente “boa” para deixar o presídio Bangu 8

O ex-governador do Rio, Sergio Cabral, deve ficar no mesmo presídio de seu ex-vice-governador, Luiz Fernando Pezão | Foto: Reprodução

O ex-governador do Rio de Janeiro, Sergio Cabral, conseguiu uma decisão favorável ao seu processo na Justiça federal carioca: sairá do presídio Bangu 8 com destino a unidade prisional da Polícia Militar de Niterói (RJ), mesmo local onde está preso o seu ex-vice-governador Luiz Fernando Pezão desde novembro de 2018;

A decisão do juiz federal Marcelo Bretas acolheu o argumento dos advogados de Cabral de que ele “tem confessado seus delitos sempre que interrogado, o que resta por desagradar inúmeras pessoas, inclusive dentro da própria unidade prisional”. Segundo a coluna de Lauro Jardim, de O Globo, os advogados alegaram que sua integridade física estaria em risco.

No despacho de quinta-feira, 3, o juiz Marcelo Bretas afirmou que “a suspeita de eventuais riscos à segurança do preso, aliado ao temor relatado pelo acusado e a sua nova postura, são suficientes para justificar a transferência para outra unidade prisional”.