“Ser contra a Reforma da Previdência é uma posição populista”, diz Thiago Peixoto

Para deputado, as reformas discutidas são necessárias para a recuperação econômica do país

O deputado federal Thiago Peixoto

O deputado federal Thiago Peixoto (PSD-GO) afirmou, em entrevista ao Jornal Opção, que as reformas que estão sendo discutidas no cenário político, como a Reforma da Previdência, são necessárias e criticou quem se opões às novas medidas.

“Ser contra a Reforma da Previdência é uma posição demagoga e populista de quem está preocupado com a próxima eleição e não com a recuperação econômica do país”, disse.

Segundo ele, “a Reforma da Previdência vai acabar com os privilégios das aposentadorias milionárias e será um passo fundamental para a recuperação da economia e geração de empregos em nosso país”.

Para o deputado do PSD, as reformas não são questão de vontade, mas de necessidade. “É um remédio amargo, mas que temos que tomar”, concluiu.

Quando questionado sobre a análise do deputado federal Daniel Vilela (PMDB-GO), que afirmou que “Temer deveria retirar projeto da Reforma da Previdência”, Thiago Peixoto foi categórico: “Antes de falar que tem que retirar algo, ele deveria falar o que colocar no lugar”, finalizou.

7 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
5 Comment authors

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

macc

Senhor Thiago Peixoto o que tem demais um governo ser POPULISTA ???? Aliás o Governo é para ser POPULISTA, é por esse motivo que o Brasil nunca avançou por que todo governo populista é retirado do poder, a história se repete foi assim em 1964 e em 2017, esquecem que o Poder emana do Povo, esquecem da Democracia, rasgam a Carta Magna para favorecer aos mais favorecidos como a classe empresarial (Elite) desse País, essa mentalidade tem que ser mudada. Não há mais espaço para isso, o governo tem que entender que ele tem o dever moral e ético de… Leia mais

macc

É fácil Senhor Thiago Peixoto colocar outra coisa no lugar da reforma da previdência, se não vejamos: Cobrar os tributos das grandes fortunas do País e das grande empresas, quer um exemplo ? a FIESP que deve bilhões aos cofres públicos, o governo parar de pagar juros aos banqueiros que não têm mais onde por dinheiro, repatriar todo o dinheiro roubado dos cofres públicos da corrupção, exterminar com a corrupção, abaixar os altos salários pagos aos Parlamentares e acabar com as mordomias que eles têm, uma conta muito alta paga com o sangue e suor do trabalhador escravo desse País.… Leia mais

Antonio Carlos breda

Pra mim esses políticos sao uns f.d.p., cheios de mordomias, querem ferrar os trbahadores e em paralelo mantem algumas categorias com privilégios, isso e injustiça ,fora temer, maia, Padilha e a matilha do PSDB,PMDB.

macc

Esqueci de lhe perguntar: O Senhor deve ser empresário, não é ? para estar tão interessado nessas reformas que só beneficiam a classe empresarial, a elite do Brasil.

Creuza Borges

Vcs não se esqueça que 2018vem aí e as respostas do voto de vcs contra o povo vai ser dada nas urnas.

José Luis

Porque a reforma não começa nos bolsos dos políticos ? Seria sensato , seria populista….. Kkkkkkkk .

mmk

É impressionante que toda culpa deste suposto rombo na Previdência seja do povo trabalhador, pois são os únicos que serão de fato prejudicados. Não ouvi nenhum deputado ou Senador falar que também abrirá mão da fortuna que ganham por não fazerem NADA, o trabalhador será o único que pagará pela roubalheira que se fez no país. O povo Brasileiro está anestesiado, paralisado, sem atitude, estão nos roupando agora na cara dura e ficamos assim. VERGOLHOSO ver um homem que foi escolhido como vice Presidente hoje decidir tanta coisa de suma importância no nosso país, ele não deveria também ter saído… Leia mais