Seplahn concede prazo e IBC tem 90 dias para sanar irregularidades

Instituto Brasileiro de Coaching no Setor Jaó não possui Alvará de Localização e Funcionamento e está embargado

Uma auditoria realizada pela Secretaria Municipal de Planejamento Urbano e Habitação (Seplanh) comprovou diversas irregularidades nos prédios do Instituto Brasileiro de Coaching (IBC) localizados no Setor Jaó. O documento, que pedia a interdição do local, foi analisado pelo secretário da Pasta, Henrique Alves.

Em entrevista à reportagem, Henrique afirmou que a empresa buscou a Seplanh na tentativa de regularizar a situação. Por isso, a secretaria concedeu prazo de 90 dias para que o IBC altere os documentos incluindo a modificação de acréscimo nos projetos e dê entrada no Alvará de Localização e Funcionamento.

Caso as mudanças necessárias não sejam promovidas dentro do prazo de 90 dias, os prédios do instituto poderão ser interditados.

Conforme mostrou o Jornal Opção em publicações anteriores, as três edificações do IBC existentes no Setor Jaó, duas delas na Avenida Venerando de Freitas e outra na Avenida Pampulha, estão irregulares. Todas possuem embargos por modificação de acréscimo no projeto, além de não possuírem o Alvará de Localização e Funcionamento.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.