Sem qualidade, máscaras fornecidas para Câmara de Goiânia são devolvidas

EPI havia sido comprado para ser distribuído entre funcionários da Casa para a retomada das atividades presenciais

110 mil máscaras adquiridas pela Câmara deverão ser trocadas por fornecedor | Foto: Divulgação / Câmara Municipal de Goiânia

Após adquirir máscaras da empresa Avanza Tecnologia em Informação e Gestão da Saúde, a Câmara de Goiânia constatou a necessidade de substituição de 110 mil unidades adquiridas, após perceber diferenças na padronização e discrepância de qualidade no material. Por meio de uma notificação extrajudicial assinada pelo presidente da Casa, Romário Policarpo (Patriota), a empresa foi informada do problema.


“A Diretoria Administrativa verificou a existência de produtos de diferentes padronizações, com peças de qualidade inferior àquelas apresentadas como amostras no momento da entrega”, diz a nota.

O material havia sido adquirido para distribuição para funcionários com objetivo de retomar gradualmente as atividades legislativas presenciais. O retorno estava previsto para segunda-feira, 1º de junho. Em razão do problema, uma nova portaria será publicada pela Mesa Diretora para estabelecer nova data de retorno.


A presidência da Câmara determinou que a fornecedora se pronuncie em até 24 hora depois de recebida a notificação extrajudicial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.