“Seja pai, esteja presente e participe!”, campanha estimula pré-natal do parceiro

Estratégia é aproximar o homem dos serviços de saúde, fortalecendo também seu engajamento no período gestacional de suas parceiras

Foto: Reprodução

Período de comemoração do Dia dos Pais, o mês de agosto conta com iniciativa do Ministério da Saúde (MS) de promover a saúde dos homens. A intenção é estimular a adesão do homem à rotina de cuidados primários à saúde, incluindo o pai no pré-natal, fortalecendo o engajamento dos homens no período gestacional de suas parceiras.

Criada em 2016, a estratégia do pré-natal do parceiro aproveita a rotina de consultas das gestantes para aproximar os homens aos serviços de saúde e, conforme a estratégia, realizar pelo menos duas consultas aos futuros pais, quando receberão orientações sobre o auto cuidado do homem e poderão fazer exames laboratoriais e atualização do cartão de vacina, entre outros.

Aproveitar essa fase gestacional da mulher para levar o homem para dentro de uma unidade de saúde é uma ação estratégica

A coordenadora de Atenção à Saúde do Homem da Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES), Fernanda Ramos Parreira, avalia a estratégia como uma oportunidade de alcançar a população masculina com serviços básicos de saúde.

“A grande maioria dos homens não se preocupa muito com a saúde, e isso acontece até mesmo por uma tradição histórica e a rotina de trabalho. Aproveitar essa fase gestacional da mulher para levar o homem para dentro de uma unidade de saúde é uma ação estratégica que vem sendo implantada nos municípios”, afirma Fernanda.

O pré-natal é oferecido na Atenção Básica e o trabalho desenvolvido pela SES é capacitar os profissionais que atuam diretamente com esse público. Fernanda Parreira acredita que, por meio desse treinamento aos profissionais dos municípios, é possível ampliar o número de atendimentos e permitir uma maior qualidade de atendimento e orientação aos pais.

Adesão dos homens ao pré-natal do parceiro vem aumentando gradativamente

“Observamos que a adesão dos homens ao pré-natal do parceiro vem aumentando gradativamente, conforme a implantação em todos os municípios e realizamos o monitoramento anual para que todas as cidades sejam contempladas”, destaca a coordenadora da SES.

Além de oferecer serviços, essa estratégia também orienta o homem para as novas rotinas com o nascimento dos bebês. “Trocar fraldas, dar banho ou até mesmo cuidar dos outros filhos enquanto a mãe amamenta o recém-nascido é uma forma de participação paterna”, pontua.

Seja pai, esteja presente e participe!

O slogan “Seja pai, esteja presente e participe!”, do mês de valorização da paternidade, busca aproximar o homem das atividades paternas. Para o titular da SES, Ismael Alexandrino, o homem precisa participar da gestação e do aleitamento materno, um momento de doação que une a família e fundamental para a vida dos bebês.

“Sabemos que o aleitamento materno é importante a curto, em médio e longo prazo para a vida das crianças, sendo responsável pela redução de doenças, como obesidade infantil, e a participação do homem nessa fase serve como apoio para as mulheres”, disse.

Alguns benefícios do pré-natal do parceiro:

Promove autocuidado do homem

Previne doenças, por meio de consultas médicas para o homem

Oferece exames com a redução da transmissão do HIV, sífilis, hepatites e outras infecções sexualmente transmissíveis

Diminui a internação de recém-nascidos por doenças transmitidas de forma vertical

Promove confiança para o pai/parceiro e a mãe, diminuindo incertezas relativas ao parto

Garante melhor atendimento para a parceira

Estimula o parto normal

Diminui a duração do trabalho de parto

Aumenta os índices de amamentação

Reduz a depressão paterna e materna no pós-parto

Incentiva o cuidado com o bebê entre pai e mãe

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.