Segundo o Datafolha, 76% dos brasileiros acham que Bolsonaro deveria sofrer impeachment caso desrespeite ordens vindas de Moraes

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, é o relator de diversos inquéritos envolvendo Bolsonaro e seus filhos, como o esquema de rachadinha e a divulgação de fake news

Uma pesquisa do Datafolha, mostrou que 76% dos brasileiros concordariam caso o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sofresse um processo de impeachment se desrespeitasse ordens do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes. Apenas 21% dos ouvidos acreditam que não deveria haver punições.

A pesquisa também mostrou que quem se mostra mais apto ao impeachment, são 86% jovens de 16 a 24 anos, 82% pessoas de baixa renda e 94% cidadão que reprovam o governo.

Quem mais tolera os discursos antidemocráticos de Bolsonaro, são 32% pessoas ricas que aprovam as falas do presidente, 39% empresários e 59% seria o total de pessoas que aprovam a gestação do chefe do Executivo.

No dia 7 de setembro, ocorreram diversas manifestações em todo o Brasil em apoio a Bolsonaro. Com discursos antidemocrático e com raiz golpista, o presidente atacou por diversas vezes o ministro Moraes, chegando a chama-lo de “canalha”. “Nós juramos respeitar a nossa Constituição, quem age fora dela se enquadra ou pede para sair”, disse Bolsonaro em uma de suas falas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.