Secretariado de Caiado toma posse no dia 2 de janeiro. Conheça os escolhidos

Equipe composta por 17 auxiliares, conta com cinco mulheres e é considerada mais técnica do que política

Foto: divulgação

O secretariado do governador eleito Ronaldo Caiado (DEM) toma posse, na quarta-feira, 2, às 10h, no Centro Cultural Oscar Niemeyer. Já Caiado será empossado no dia 1º de janeiro, na Assembleia Legislativa.

Conheça a equipe de auxiliares do democrata: 

Foto: divulgação

Rodney Miranda – Secretaria de Segurança Pública

Delegado aposentado da Polícia Federal, Rodney Rocha Miranda tem 54 anos e é formado em Administração e Direito pela UNIUDF, pós-graduado em Carreiras Jurídicas pela Escola Superior da Magistratura do DF e em Segurança Pública pela ANP/DPF/MJ. Foi integrante da Comissão de Reforma das Leis Criminais e autor do texto que originou o projeto de criação do Sistema Único de Segurança Pública (SUSP). Foi por duas vezes secretário de Segurança do Espírito Santo (2003-2005 e 2007-2010) e também secretário de Defesa Social de Pernambuco (2006). Foi prefeito de Vilha Velha (2013-2016) e deputado estadual (2011-2012).

Foto: divulgação

Ricardo Soavinski – Saneago

Oceanógrafo formado pela Universidade do Rio Grande, Ricardo José Soavinski tem 55 anos, é analista Ambiental Federal de carreira e atual presidente da Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar). Foi presidente do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), secretário nacional de Recursos hídricos e Ambiente Urbano do Ministério do Meio Ambiente, secretário de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Paraná e presidente do Conselho Fiscal da Paraná-Previdência.

Foto: Reprodução

Ismael Alexandrino Jr – Secretaria de Saúde

Médico formado pela Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Pernambuco com Fellow em Terapia Intensiva pela Universidade de Milão e Bolonha, Ismael Alexandrino é atual diretor-presidente do Instituto Hospital Base e também conselheiro titular do Colegiado Gestor da Saúde do Distrito Federal. Tem MBA em Gestão da Saúde pela Fundação Getúlio Vargas, foi da diretoria Médica Executiva da DASA, chefe da UTI do Hospital Regional do Gama, Diretor Geral do Hospital de Base do Distrito Federal, superintendente de Saúde da Região Sul do DF e secretário Adjunto de Gestão da Saúde do Distrito Federal.

Foto: divulgação

Adriano da Rocha Lima – Secretaria de Desenvolvimento Econômico

Engenheiro formado em Engenharia Elétrica e Telecomunicações pela PUC-Rio, Adriano da Rocha Lima tem 46 anos e é pós-graduado em Planejamento Estratégico de Redes pela Telia Academy (Kalmar-Suécia) e em Administração Executiva de Negócios pela COPPEAD/UFRJ. É mestre em filosofia pela UFRJ e já atuou como engenheiro da Nortel (multinacional de tecnologia da Flórida, nos EUA) e da Promon Eletrônica. Foi diretor de engenharia da Claro Brasil e também fundador e CEO da WebRadar.

Foto: divulgação

Marcos Cabral – Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social

Prefeito de Santa Terezinha de Goiás pelo terceiro mandato (1997-2000; 2009-2012; 2016-2018), Marcos Ferreira Cabral é filiado ao Democratas e foi um dos fundadores do PFL em Goiás. Tem 49 anos, é formado em Gestão Pública e também técnico em Mineração e em Pavimentação Asfáltica. Já foi vereador em Santa Terezinha de Goiás, diretor do programa Asfalto Novo da Agetop e um dos coordenadores em Goiás da campanha de Ronaldo Caiado à Presidência da República, em 1989.

Foto: divulgação

Marcos Roberto – Detran

Advogado com pós-graduação em direito civil e processual civil, foi sócio-fundador do escritório Rios e Silva Advogados Associados S/S, membro da comissão de Direitos e Prerrogativas da OAB-GO 2010/2012 e 2013/2015. Foi Procurador da Câmara Municipal de Mozarlândia 2011 a 2013. Atualmente é Tesoureiro e procurador estadual do Democratas em Goiás.

Foto: reprodução

Wilder Morais – Indústria e Comércio

O senador Wilder Morais (DEM) nasceu na cidade de Taquaral (GO) em 1968. Tem 50 anos de idade. Formou-se em Engenharia Civil, na antiga Universidade Católica de Goiás (UCG), hoje Pontifícia Universidade Católica (PUC). Pai de três filhos, Wilder viveu uma infância de pobreza em Taquaral, pequena cidade do interior de Goiás.

Os seus pais moravam na zona rural e de lá tiravam o sustento para os filhos. O irmão mais velho de Wilder se acidentou com um facão e morreu nos braços do pai. Não houve tempo para socorrê-lo. A tragédia e a tristeza de perder um filho levaram seus pais a deixar a vida no campo e foram para cidade, onde o pai virou taxista e a mãe costureira.

Depois de trabalhar como mecânico de bicicletas, Wilder mudou-se para Goiânia para estudar e buscar uma vaga na tão sonhada faculdade. Morava de favor num prédio abandonado no centro e trabalhava durante o dia. Assim que passou no vestibular, logo procurou emprego como estagiário em uma construtora. Da condição de estagiário para sócio, ele teve que ralar muito, trabalhar dobrado e conhecer cada pedaço dos canteiros de obra onde atuava. Wilder então montou, com outros sócios, a Orca, que já chegou a ter cinco mil empregados. Hoje é considerada a empresa que mais construiu supermercados no mundo. Ela é quem edifica os prédios do Carrefour no Brasil e em outros países.

Wilder entra na política nas eleições de 2010. É convidado a ocupar uma secretaria no Governo. À frente da pasta da Infraestrutura, ele começa a aplicar no serviço público o seu estilo de trabalhar na iniciativa privada e vai destravando obras que estavam paradas há anos, como a ponte sobre o Rio Araguaia, no Cocalinho, divisa com o Estado de Mato Grosso. Essa obra foi concluída em parceria com o Governo do Estado, Governo Federal e iniciativa privada. Também se transformou em realidade os viadutos nas saídas de Goiânia, nas Gos 080, 070 e 060, melhorando substancialmente o tráfego de veículos.

Wilder assumiu vaga no Senado em 2012. Apesar de não ter experiência na área política, é considerado uma das grandes revelações no Senado por sua capacidade de articular a liberação de emendas e recursos para Goiás. Nesse período, Wilder conseguiu trazer para o Estado cerca de R$ 4,5 bilhões, recursos utilizados em todas as áreas e destinados a todos os municípios. Sua capacidade de diálogo e a parceria com os municípios ajudaram bastante Wilder no Senado. Os recursos vieram para as áreas da saúde, educação, infraestrutura e outras situações. Wilder é também o responsável por implantar as universidades federais de Jataí e de Catalão, além de ter aprovado no PPA a criação das universidades do Norte e Nordeste do Estado.

Wilder é um dos poucos senadores da atual legislatura que conseguiu aprovar lei. É de sua autoria o projeto – que hoje virou lei e está em vigor – que permite que empresas e pessoas físicas façam doações às universidades para projetos específicos. Wilder conquistou, na Comissão de Constituição e Justiça do Senado, a aprovação do projeto que prevê mudanças substanciais no Estatuto do Desarmamento, permitindo que cidadãos de bem possam ter direito a comprar uma arma para defender sua família e propriedade. Wilder atuou ainda fortemente para colocar um fim à indústria da multa. Segundo ele, os instrumentos de fiscalização de trânsito visam tão somente multar, sem propor nenhum tipo de educação aos condutores.

Ainda no campo da política, Wilder iniciou sua vida partidária no DEM. Depois ingressou no PP. Sem espaço na base do governo para disputar a reeleição, Wilder deixou o PP e voltou para o DEM, a convite de Ronaldo Caiado.

Foto: divulgação

José Soter – Operacional do Detran

Gestor público em contratos e licitações. Trabalhou na Celg D por 33 anos, onde atirou como presidente da Comissão de Licitações da Celg. Foi também Membro dos conselhos de Administração e Fiscal da CelgPar.

Foto: divulgação

Cristiane Schmidt – Secretaria da Fazenda

Mestre e doutora em Economia pela EPGE/FGV, Cristiane Alkmin Junqueira é conselheira do CADE, professora da FGV e parecerista da Revista de Direito Administrativo da FGV Direito Rio. Foi secretária-adjunta da Seae/MF, gerente-geral de assuntos corporativos da Embratel, economista do Ibre/FGV, diretora do departamento econômico do Family Office do Grupo Libra e economista do Itaú Asset. Foi também gerente estratégica da Cementos Progreso, diretora da ONG Pacunam (ambos na Guatemala), diretora do departamento econômico da Compañia de Comércio e Exportación e diretora adjunta da Autoridade de Desenvolvimento Local, ambos em Porto Rico.

Foto: divulgação

Vassil José de Oliveira – Secretaria de Comunicação

Formado em Jornalismo pela UFG (1992). Trabalhou na Tribuna do Planalto, O Popular, Diário de Goiás e Rádio Sagres 730. Comandou a assessoria de Imprensa do Palácio das Esmeraldas no governo Alcides Rodrigues. Autor do livro ‘Eleição do Início ao Fim’, sobre os bastidores da campanha de 2006 em Goiás.

Foto: divulgação

Anderson Máximo de Holanda – Casa Civil

Anderson Máximo de Holanda – Casa Civil – É Procurador do Estado, especializado em Direito e Processo do Trabalho pela Universidade Federal de Goiás, possui também especialização em Direito Constitucional pela mesma instituição. Já exerceu a função de Assessor jurídico do Contencioso da Procuradoria-Geral do Município de Goiânia, tenso sido ainda Chefe do Contencioso Tributário da Procuradoria-Geral do Município de Anápolis – GO. Ocupou também o posto de Procurador-Geral do Estado de Goiás entre 2009 e 2010. Integrou os Conselhos de Administração da CELG e Saneago, exercendo posteriormente os cargos de presidente da CIPA, assessor do Gabinete do Procurador-Geral e Chefe de Gabinete na PGE-GO. Anderson também chefiou a Advocacia Setorial da Secretaria de Educação, Cultura e Esporte de GO e Secretaria de Contratos, Convênios e Projetos Institucionais da Assembleia Legislativa do Estado de Goiás. Atualmente preside o Tribunal de Ética da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional de Goiás.

Foto: divulgação

Juliana Pereira Diniz Prudente – Procuradora geral do Estado

Juliana Pereira Diniz Prudente – Procuradora geral do Estado – Formada em Direito pela PUC-GO em 1999, pós-graduada e Mestre em Direito Penal pela UFG em 2002. Ingressou no cargo de Procuradora do Estado em 2003, tendo exercido suas funções na Procuradoria Administrativa, especializada da qual foi chefe no ano de 2018. Por último exerceu o cargo de Subprocuradora para Assuntos Administrativos.

Foto: divulgação

Edival Lourenço – Secretário de Cultura

Edival Lourenço nasceu em 1952, em Iporá-GO. Funcionário da Caixa Econômica Federal, onde ocupou diversas funções, dentre elas a de Gerente de Marketing, comunicação social e Cultura durante 15 anos. Formado em direito, com pós-graduação e Administração de Marketing, assessorou a presidência da Caixa, no programa de Interiorização dos programas sociais da Caixa. Publicou livros de poesia, crônica e romance. A Centopeia de Neon recebeu o Prêmio Nacional de Romance do Estado do Paraná (1994). Em 2008, foi agraciado com a Comenda Jorge Amado, da União Brasileira de Escritores do Rio de Janeiro, pelo conjunto da obra. Naqueles Morros, Depois da Chuva (Hedra, 2011) foi premiado na categoria romance do Prêmio Jabuti de 2012. Edival Lourenço é o escritor goiano mais premiado no cenário nacional, com uma obra densa e multifacetada, em que o diálogo com a tradição e a modernidade é permeado por sua dicção humorística peculiar.

Foto: reprodução

Antônio Carlos de Souza Lima Neto – Secretário de Agricultura

Antônio Carlos de Souza Lima Neto é graduado em Engenharia Agronômica, possui especialização em Formação de Lideranças – Fundação Dom Cabral, é Pós-graduado em Gestão do Agronegócio – REHAGRO. Concluiu também curso de Pós-graduado em Gestão de Negócios – MBA Executivo. IBMEC. Atualmente é Superintendente do SENAR AR/GO.

Foto: divulgação

Andrea Vulcanis – Secretária de Meio Ambiente

Secretária de Meio Ambiente – Possui graduação em Direito e Mestrado em Direito Sócio Econômico pela PUC Paraná, com foco em Direito Ambiental. É Procuradora Federal, vinculada à Advocacia Geral da União. Conta com mais de 22 anos de experiência, no exercício de cargos jurídicos e de gestão ligados à área ambiental, dentre eles o de Procuradora Geral do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente – IBAMA, Superintendente Estadual do IBAMA no Estado do Paraná, Chefe de Gabinete junto a Agência de Águas e Saneamento do Distrito Federal e ultimamente o de Subsecretária de Assuntos Estratégicos da Secretaria de Meio Ambiente do Distrito Federal, tendo ainda exercido a advocacia e consultoria na área ambiental. Foi presidente da Câmara Técnica de Assuntos Jurídicos do Conselho Nacional de Meio Ambiente – CONAMA. Professora de Direito Ambiental, com diversos livros e artigos publicados na área.

Foto: divulgação

Rafael Ângelo do Valle Rahif – Secretário de Esporte

Bacharel em Direito pela Faculdade Anhanguera de Ciências Humanas. Foi diretor social do Country Clube de Goiás por quatro mandatos.

Foto: divulgação

Fátima Gavioli – Secretaria de Educação 

Nascida no Paraná, reside em Rondônia desde 1985, mãe de dois filhos, constitui carreira como professora no Estado de RO, é Mestre em Educação e Licenciada em Letras e Pedagogia. Fátima Gavioli é Pós-graduada em Gestão Pública pelo Centro de Liderança Pública de São Paulo (CLP-SP) e Consultora da Fundação Lemann, além de bacharel em Direito.

Foto: Fernando Leite / Jornal Opção

Ernesto Roller (MDB), secretário de governo

Natural de Formosa, Goiás, Roller é prefeito da sua cidade natal. É filiado ao MDB e foi um dos nomes que decidiu apoiar Caiado na disputa ao Governo do Estado, em detrimento do candidato do partido, Daniel Vilela. Ele já foi deputado estadual por três vezes e já foi filiado ao PP. Além desse, Roller já presidiu o Partido Progressista Brasileiro em Formosa no período de 1994 a 2002. Formado em Direito, também já foi Secretário de Segurança Pública no Governo de Alcides Rodrigues, Procurador Geral do Município de Goiânia, na gestão de Paulo Garcia e integrou a chapa de Vanderlan Cardoso como candidato a vice-governador.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Angela

Quem assume a Codego???