Secretaria da Retomada define grupo para disponibilização de linha de crédito a filiados do Sindibares

Linhas emergenciais foram criadas pelo Governo para microempresas, microempreendedores individuais e trabalhadores autônomos com taxas de juros subsidiadas e valor podendo chegar a R$ 50 mil

Secretário da Retomada, César Moura

Após donos de bares e restaurantes de Goiânia terem colocado faixas com críticas ao governo e a prefeitura por conta das medidas restritivas em combate a Covid-19, o  secretário de estado da Retomada, César Moura esteve reunido nesta quinta-feira, 25,  com o representante do Sindicato dos Bares e Restaurantes de Goiânia (Sindibares). Na ocasião foi definido um grupo junto com a GoiásFomento para haja atendimento especial em relação a disponibilização da linha de crédito de até R$50 mil para o setor.

Segundo o titular da pasta, o valor a ser disponibilizado vai depender do estabelecimento, e terá juro zero,  seis meses de carência e até 36 meses para pagar. O grupo irá começar a trabalhar ainda nesta tarde como auxílio para os filiados do Sindibares. “Vamos verificar qual a dificuldade de acessar esse crédito, por isso fizemos o atendimento especial para os filiados do Sindibares para que eles possam acessar o crédito, eles terão atendimento exclusivo e especial”, explica.

“Entendemos as dificuldades, soltamos várias ações na semana passada para mitigar as restrições e os problemas causados pela pandemia. O que buscamos é o nosso trabalho de equipe, é preciso salvar vidas para salvar a economia, são ações de proteção e da saúde pública e também o que conseguimos para mitigar os efeitos da pandemia”, completa.

O secretário ressalta que é preciso que esse recurso chegue até os bares e restaurantes. “Hoje, com o presidente Newton vimos o problema e chamamos a GoiásFomento, criamos o grupo e começa hoje a tarde o atendimento especial, para que realmente os empreendedores de bares e restaurantes possam receber o recurso para ajudar eles nesse momento”, disse.

Como acessar o crédito?

O acesso as linhas emergências de crédito pode ser feito pelo site da GoiásFomento (www.goiasfomento.com), seguindo para linhas de crédito, depois contrate direto pelo site  e seguir as orientações para realizar a proposta online.

O crédito está disponível para microempresas, microempreendedores individuais e trabalhadores autônomos com taxas de juros subsidiadas pelo Governo  do estado.

Planejamento

O secretário de estado da Retomada, César Moura  destacou que a pasta tem criado ações principalmente voltadas ao cooperativismo. “Temos algumas ações, o que nos segura é a questão da pandemia, tem várias frentes fortalecendo o cooperativismo, temos um trabalho relacionado a entregas de alimentos com a demanda de bares e restaurantes, temos cooperativismo de costureiras do interior”, pontua.

“O maior sucesso ultimamente é o da cerveja de mandioca, 600 famílias já foram beneficiadas, mais de 800 toneladas adquiridas do pequeno produtor da agricultura familiar e esse número vai chegar esse ano em mais de 10 mil toneladas”, conclui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.