Se não houver ajuda Federal, Schmidt diz que parcelamento de dezembro pode ser prejudicado

Questionada sobre possíveis dificuldades, em caso de não haver apoio da União, ela afirma: “Acredito que conseguiremos”

Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

A secretária de Estado da Economia, Cristiane Schmidt, disse ao Jornal Opção, que o parcelamento em seis vezes do salário de dezembro pode ser prejudicado caso não chegue ajuda Federal. Por outro lado, ela acredita que o Estado conseguirá cumprir o prometido, mas com dificuldade.

Segundo ela, o parcelamento original, que foi proposto aos 43 sindicados, era de oito prestações. Além disso, a divisão em seis vezes teria sido feita para melhorar a negociação. Schmidt disse que conta com a política de combate à sonegação para garantir receita, caso o Planalto não envie ajuda.

“Mas acredito que conseguiremos”, reforçou. Ela também fez questão de ressaltar que se reuniu com os sindicatos. Em relação à Educação, que está em greve, Schmidt disse apenas que está avaliando “alguma alternativa”.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.