Com domesticação datada de aproximadamente 8 mil anos, os gatos têm uma relação diferente com os humanos, em relação aos cachorros. Para efeito de comparação, os cães convivem com as pessoas há 50 mil anos. Eles foram utilizados ao longo do tempo como animais para desempenharem tarefas e cooperarem com os humanos. Isso porque, têm 41 genes mais propensos à domesticação, enquanto os bichanos possuem apenas 13.

No decorrer dos séculos, os cachorros passaram a ter dependência dos tutores, o que não ocorre com os felinos. No entanto, muitos deles demonstram afeto e gostam de companhia, que é influenciado por experiências quando ainda são filhotes.

Um artigo científico publicado no site The Conversation, elaborado a partir de um estudo da professora Emily Blackwell sobre comportamento e bem-estar animal na Universidade de Bristol (Reino Unido), pontua quatro maneiras para identificar o afeto que o gato demonstra pelo cuidador. “Os gatos se comportam com os humanos da mesma maneira que respondem aos seus amigos felinos, então o segredo para saber se ele se sente ligado a você é observar alguns sinais em seu comportamento,” informa.

gatos-carinhos-caricias-comportamento
Comportamentos dos gatos demonstram afetos

1. Cheiro

De acordo com o texto, os gatos usam o cheiro para identificar membros do grupo social ou família. Essa comunicação é extremamente importante para eles poderem sinalizar a amizade. Por meio de glândulas odoríferas, os bichanos secretam feromônios e podem marcar indivíduos e áreas. Essas substâncias químicas se localizam na região próxima à cauda e na cabeça do gato. Por isso, quando o gato esfrega a cabeça em suas pernas, ele está te identificando como amigo.

2. Aceno

Assim, quando a cauda do gato está na vertical, isso demonstra um sinal amigável. Isto significa familiaridade, confiança e carinho. “Um dos sinais mais óbvios de que seu animal de estimação gosta de você é a maneira como ele te cumprimenta”, salienta Blackwell. “Ao saudarem membros de seu grupo social, os gatos mostram sinais de amizade e desejo de se aproximar,” acrescenta.

Mostrar a barriga e rolar no chão é um gesto de confiança, pois é uma posição de vulnerabilidade. Dessa maneira, ele indica que se sente seguro com a pessoa. Entretanto, não é um pedido de carinho nessa região, uma vez que a preferência por carícias na cabeça e no pescoço.

3. Piscadas

Segundo o levantamento, o gato ao fazer piscadas lentas mostra que está em estado emocional e sinaliza confiança, contentamento e afeto. Isso é como se fosse um sorriso. Caso queira retribuir, pisque para o seu felino e talvez receberá outra piscada.

4.  Intimidade

É até senso comum que os gastos são territoriais, pois protegem o espaço e não permitem outros invasores. Nesse sentido, se um bichano deixar você chegar perto dele, há um vínculo afetivo. Ao enrolar e dormir no colo da pessoa, há profunda confiança. O relacionamento afetuoso e demonstração de carinho é representado por lambidas na mão ou rosto da pessoa.